Pesquisa:
 

Quinta-feira, 30 Junho 2005 00:59

ISRAEL
Dois participantes da Parada de Jerusalém são esfaqueados



Duas pessoas foram esfaqueadas durante a Parada gay de Jerusalém, na manhã de hoje, dia 30. Os agressores são dois judeus ultra-conservadores que conseguiram furar o cordão de isolamento montado pela Polícia. Um grupo de ultra-conservadores, do qual os dois agressores faziam parte, foi visto nos arredores da rua Ben Yehuda, local de concentração da Parada Gay israelita, com cartazes onde se lia "Homossexualismo é Doença". No percurso da Parada, quando a massa gay chegava em frente a Grande Sinagoga de Jerusalém, rabinos levantaram cartazes com os dizeres: "Doentes precisam estar no hospital". Mesmo com as agressões verbais e físicas, a Parada chegou ao final de seu percurso.


Os agredidos, um homem e uma mulher, foram hospitalizados mas o seu estado não inspira cuidados especiais.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2005)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal