Pesquisa:
 

Sexta-feira, 1 Julho 2005 00:59

CINEMA
Rainhas à sombra de almodóvar



O argumento de "Rainhas" constrói-se em torno de uma actualíssima exploração da recente legalização dos casamentos entre homossexuais, na vizinha Espanha: uma grande cerimónia, reunindo vários pares, reúne em Madrid os pais dos casais "gay", aproveitando-se a ocasião para acumular "gags" (heterossexuais), numa ambiciosa comédia de costumes e de inuendos sexuais. Embora a temática "gay" sirva de motor da acção, "Reinas" assume-se como filme de mulheres, convocando, inclusive, três das grandes figuras femininas do universo almodovariano: Verónica Forqué ("Kika"), Cármen Maura ("Negros Hábitos", "Que Fiz Eu para Merecer Isto?", "Matador", "A Lei do Desejo" ou "Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos") e Marisa Paredes ("Negros Hábitos", "Saltos Altos", "A Flor do Meu Segredo" ou "Tudo Sobre a Minha Mãe").


Este forte referente do mundo de Almodóvar, a que poderemos acrescer o grafismo multicolor do genérico ou a predominância de uma estética "camp", na definição de personagens e situações, aparece ao serviço de uma estratégia de constante "pastiche", mas nunca atinge a profundidade do original: ficamos quase sempre no domínio da comédia rasteira, na apresentação óbvia do sexo (veja-se a sequência inicial da mãe ninfomaníaca na casa de banho do comboio, prolongada no reencontro com o galã de ocasião no restaurante) e numa exploração equívoca de uma moralidade transgressora: os casais homossexuais, explorados na ficção (todos homens), embora procurem ultrapassar o estereótipo, sobretudo na personagem do deputado que teve uma aventura "extra-conjugal" com o psicanalista da mãe, ficam à beira do anedótico, sem espessura nem complexidade.

Por outro lado, o projecto do filme passa pela representação de outras cinematografias de língua espanhola, puxando pela personagem-tipo da mãe possessiva, vinda da Argentina (divertidíssima Betiana Blum), e introduzindo, um pouco a martelo, o cubano Jorge Perrugorría (o protagonista de "Morango e Chocolate") na figura do cozinheiro grevista, amante da personagem de Carmen Maura. Este catálogo de situações sociais exemplificativas mais não faz do que adequar-se a vários tipos de público, em projecto comercial exposto: enquanto Almodóvar aspira a desenhar uma metáfora da Espanha moderna, Manuel Gómez Pereira (autor do curioso "thriller" "Entre las Piernas", de 1999), aproveita um pouco o modernaço para tirar dividendos de uma história "escandalosa", na moda.

O melhor de tudo, nesta divertida, ainda que algo desequilibrada, comédia, reside, é claro, na reunião das "rainhas" (não referindo-se a um óbvio jogo de palavras, a partir do termo "queen", para homossexual efeminado), as cinco mães, entregues a grandes estrelas do cinema espanhol (e argentino): o "overacting" de Betiana Blum, na destravada Ofelia estabelece perfeito contraponto com a concisão de Mercedes Sampietro, numa gama variada de registos a roubar a atenção do espectador para um "festival" de interpretação.

O pior aparece nítido na sequência em que Marisa Paredes desce a escada de casa, com a câmara a fazer um mini-spot publicitário, sempre interessada num efeito primário de captar a acção de forma imediatamente eficaz: a estética publicitária aflora em outras sequências, nomeadamente a do casamento conjunto e as da cozinha do hotel de Carmen Maura, reduzindo, por vezes, o impacte do humor convocado a um pálido arremedo de "sit-com" televisiva. No entanto, para o melhor e para o pior, "Rainhas" revela a capacidade de um certo cinema industrial espanhol para fabricar um produto vendável e "em cima do acontecimento". [Mário Jorge Torres ]

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2005)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas SEIS e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal