Pesquisa:
 

Terça-feira, 29 Março 2005 00:59

ISRAEL
Casais gays querem que Justiça aprove os seus casamentos



Dois casais gays israelitas que se casaram no Canadá este mês foram ao tribunais para que a Justiça reconheça os seus casamentos.


Yossi Ben-Ari, 51, e seu marido Lorn Shomen, 41, e Yosef Bar-Lev, 38, e seu marido Yaron Lahav, 28, entraram com um processo no Supremo Tribunal e alegam que a recusa do governo de reconhecer o seu casamento viola seus direitos. Os homens estão entre outros quatro casais do mesmo sexo que se casaram em Toronto, no Canadá, no último dia 11/3. Suas certidões de casamento foram aprovadas pelo Ministério de Relações Exteriores do Canadá, pela embaixada canadiana em Israel, e o consulado de Israel em Toronto, mas quando eles retornaram o Ministério do Interior recusou-se a registrá-los como casados. Ben-Ari é um importante estilista e Shomen é tradutor. Eles estão juntos desde 1987. Bar-Lev é professor de dança e Lahav é personal trainer. O casal está junto desde 1998. “O princípio é igualdade. Somos iguais perante a lei e não há motivos para sermos discriminados por causa de nossa orientação sexual”, disse Ben-Ari. Os casais estão a ser representados pela Associação por Direitos Civis de Israel. O advogado Dan Yakir argumenta que o governo não pode utilizar conceitos religiosos e recusar registrar um casamento que foi aprovado no exterior.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2005)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal