Pesquisa:
 

Terça-feira, 27 Março 2012 12:17

TURQUIA
Gays não vão à tropa, desde que provem que são realmente gays



O serviço militar é obrigatório na Turquia para todos os homens, excepto se tiverem alguma doença incluindo serem homossexuais. Mas as provas são do mais humilhante possível.


A denúncia é da BBC e apresenta relatos na primeira pessoa sobre a experiência de provar que se é homossexual na Turquia do século XXI.

Um dos testemunhos é de Ahmet, um jovem com cerca de 20 anos que relata que lhe perguntaram quando é que teve sexo anal pela primeira vez e "que brinquedos usava quando era criança". E também se "gostava de futebol, se vestia roupas e perfume de mulher". Ahmet descreve-se como um rapaz masculino e que como estava de barba de alguns dias os inspectores comentaram "que ele não parecia um homem gay normal".

E chegaram mesmo a pedir-lhe uma foto dele vestido de mulher, pedido que recusou. Mas apresentou uma prova alternativa: uma foto dele a beijar outro homem. E espera que isso lhe dê o certificado para não ir ao serviço militar.

Outros relatos indicam que foram pedidas fotos de sexo explícito dos candidatos com outros homens e que "a cara tem de estar bem visível" e têm de estar "como parceiro passivo".

O problema é que a capacidade de um médico de alguma forma atestar a homossexualidade cientificamente impossível de comprovar e de contornos éticos duvidosos.

Na Turquia não existem leis específicas contra a homossexualidade mas o estigma social ainda é muito significativo, e ser homossexual fora dos grandes centros urbanos significa ser alvo de chacota e perseguição.

Nos certificados emitidos pode ler-se a razão de dispensa do serviço militar: "Desordem Psico-sexual (Homossexualidade)".

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2012)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e QUATRO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal