Pesquisa:
 

Segunda-feira, 10 Janeiro 2011 23:26

NOVA ZELÂNDIA
McDonald's vai rever política que bania sites gays



A McDonald's vai a política que bloqueava sites gays e lésbicas no seu serviço de internet sem fio gratuita nas suas 158 lojas, afirmou o director Mike Hawthorne.


A McDonald's não tinha questões com a comunidade gay e os sites foram bloqueados usando um software padrão da indústria que impede o acesso a sites de sexo, jogos e tabaco, em conformidade com a sua política de família, afirmou à Radio New Zealand.

Hawthorne disse que os sites seriam revistos numa base caso a caso para garantir o seu conteúdo não entrassem em conflito com a política de base.

Os sites bloqueados incluíam a rainbowyouth.org.nz, uma organização que o diretor executivo Tom Hamilton disse que foi concebida para apoiar os jovens homossexuais.

Segundo Tom Hamilton o McDonald's seria precisamente o tipo de local que os jovens podem passar a visitar o site, caso não se sintam confiantes em fazê-lo em casa.

A imprensa diz que outros sites bloqueados pelo McDonald's incluiem uma organização de planeamento familiar e uma agência de encontros.

O site PortugalGay.pt também é bloqueado por alguns destes programas de forma arbitrária embora não tenha nenhum conteúdo específico para adultos.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2011)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal