Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Segunda-feira, 10 Janeiro 2011 11:53

PORTUGAL
Renato Seabra confessa ter torturado Carlos Castro durante uma hora



Segundo o New York Post, a polícia obteve a confissão do jovem modelo que teria torturado o colonista por mais de uma hora para depois castrá-lo com um saca-rolhas para se libertar de "demónios e um vírus".


Segundo as fontes policiais Renato Seabra de 21 anos que é o principal suspeito da morte de Carlos Castro de 65 anos, terá dito "não sou mais homossexual!" e de seguida atacou brutalmente o colunista no quarto de hotel no centro da cidade de Nova York.

Seabra terá dito à polícia que atacou Carlos Castro "para se livrar dos demónios, para se livrar do vírus". Aparentemente o vírus neste contexto não será o VIH/SIDA mas as autoridades não sabem ainda o que o modelo queria dizer exactamente com esta declaração.

A confissão foi feita ainda no Hospital onde estava a ser tratado de feriadas auto-infligidas nos pulsos. Depois da confissão foi acusado de homicídio em segundo grau.

Brutalidade extrema

Segundo as declarações do modelo Carlos Castro foi agredido, esmurrado e pontapeado durante mais de uma hora e, só depois, terá sido agredido na cabeça com um computador.

Seabra terá então usado um saca rolhas perfurando um dos olhos de castro e depois usado-o para cortar os seus testículos.

Segundo as fontes policiais esta mutilação deverá ter sido longa e dolorosa embora seja pouco provável que Castro estivesse inconsciente no momento, não se sabendo se estaria sequer vivo.

Após o assassinato, Seabra tomou banho e vestiu um fato negro com uma gravata vistosa. Aparentemente terá cortado os pulsos ainda no quarto.

Tudo se passou na sexta-feira à tarde no 34º andar de um hotel de luxo perto de Times Square em Nova York, onde Carlos Castro foi comemorar a passagem de ano acompanhado de Renato Seabra.

PORTUGAL: Renato Seabra confessa ter torturado Carlos Castro durante uma hora

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal