Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Segunda-feira, 10 Janeiro 2011 23:51

EUA
Congressista que apoia direitos LGBT em estado grave



A representante do Arizona Gabrielle Giffords permanece em estado crítico após ter sido baleada na cabeça no sábado.


Seis pessoas, incluindo um juiz federal e uma criança de 9 anos, estão entre os mortos depois de um jovem ter iniciado um tiroteio num comício em Tucson, Arizona, junto a um supermercado. Mais 14 pessoas foram feridas.

Giffords, uma democrata de 40 anos de idade, foi levada para um hospital próximo, em estado muito grave, mas entretanto já começou a responder a estímulos externos. Os médicos classificam o facto de estar viva como um "milagre" e preferem manter um atitude prudente não sabendo se irá sobreviver quanto menos recuperar completamente todas as suas capacidades mentais.

A polícia prendeu um jovem de 22 anos no local que já foi apresentado a um juiz numa audiência preliminar.

Apoiante dos direitos LGBT

Após a sua vitória para a Câmara dos Representantes em 2006, Giffords agradeceu à Human Rights Campaign (HRC), a maior organização nos EUA de defensa dos direitos LGBT, e à comunidade LGBT em geral pelo seu apoio.

"Eu defendi a igualdade no Arizona, e estou grata à HRC e à comunidade LGBT que apoiaram a a nossa campanha durante as primárias e as eleições gerais. Nós podemos fazer muito pelas nossas famílias, quando trabalhamos juntos. A justiça é um valor essencial americano, e quando defendemos a justiça, podemos conquistar vitórias decisivas, mesmo nas áreas mais competitivas do Congresso. "

O presidente da HRC, Joe Solmonese, afirmou-se chocado com o tiroteio.

"Estamos chocados e tristes com os acontecimentos envolvendo a representante Giffords e nossos corações estão com ela e as outras vítimas desta terrível tragédia", disse num comunicado. "Gabby Giffords é uma defensora da igualdade LGBT e uma líder de princípios para o Arizona. Desejamos-lhe uma rápida recuperação e os nossos pensamentos e orações estão com a sua família, bem como com as famílias de todos aqueles tocados pelo terrível violência de hoje."

Oponente politica apresentou-a como "alvo a abater"

A página oficial da republicana Sarah Palin no Facebook apresentava em 2010 um mapa dos EUA com uma série de 20 alvos a abater, representados graficamente como miras tipicamente usadas em armas. Três delas estavam marcadas a vermelho que correspondiam a candidatos democratas que tinham desistido da corrida eleitoral. Gabby Giffords era um dos alvos ainda activos no Arizona.

Após os acontecimentos trágicos, Sarah Palin veio apresentar as suas condolências na página oficial do Facebook indicando que irá "rezar com a sua família" por todos e pedindo "paz e justiça".

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e TRÊS.
Depois clique em OK.

© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal