Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 3 Dezembro 2019 21:18

DINAMARCA
Casal gay vence programa de televisão 'Dançar com as Estrelas'



A versão da Dinamarca de "Dancing With the Stars" fez história ao apresentar o casal do mesmo sexo e como se não bastasse acabaram por vencer a competição.


Jakob Fauerby, de 42 anos, e Silas Holst, de 36, foram juntados pelo programa ("Vild med dans" na televisão local) depois que Fauerby, um ator abertamente gay, decidiu que pediria para dançar com um homem se fosse selecionado para o concurso. Segundo o The Daily Mail, os juízes responderam ao seu pedido dizendo que era "algo que poderia ficar em aberto".

O par é o primeiro combo masculino da história do programa, que já vai em 16 temporadas depois da estreia na primavera de 2005. Eles impressionaram o público e os juízes em cada apresentação, recebendo as pontuações mais altas em quatro dos oito shows e vencendo a final depois de um paso doble impressionante, como reporta o Los Angeles Blade.

Falando com o canal de notícias dinamarquês BT, Fauerby disse:

É uma experiência totalmente nova. É bastante avassalador. Muitos me escrevem nas redes sociais com as suas próprias histórias. Sinto-me muito privilegiado.  Jakob Fauerby

E não esqueceu o parceiro Holst, dizendo: "Ele é alguém que nos faz parecer bem, concerteza."

Mas a questão não foi isenta de dúvidas: numa entrevista com a LGBT Nation antes da vitória, Fauer disse explicou que a Dinamarca é "um país pequeno, com apenas 5,6 milhões de pessoas", mas que mesmo assim todas estas sexta-feiras mais de um milhão de pessoas assistiram ao programa e muitos mais viram as gravações posteriormente. É um dos poucos programas "que toda a gente vê" e isso leva a que origine muitas emoções.

Ele também revelou que quando está em casa dança com um homem, naturalmente. Mas que quando era criança nunca teve essa realidade representada nos media e que o poder dar este exemplo positivo a "um rapaz, uma rapariga ou um jovem trans" é muito bom. Ele também explicou que as críticas diminuíram após as primeiras atuações do casal, brincando

O que aconteceu após os dois primeiros shows é que as pessoas viram que não íamos fazer sexo anal no palco… São sentimentos. É sensualidade. Mas não é sexualidade. São apenas duas pessoas dançando. Jakob Fauerby

Holst, um ex-participante favorito dos fãs em "Vild med dans", voltou ao show após um intervalo de cinco anos especificamente para fazer parceria com Fauerby na representação da comunidade LGBT+. Ele disse à BT que estava "absolutamente encantado". Fauerby é mais conhecido como membro da trupe dinamarquesa de comédia satírica, Platt-Form. Ele e seu marido, Anders, são pais de dois filhos.

No mês passado, o programa "Strictly Come Dancing" do Reino Unido incluiu uma rotina completa entre dois homens fora de competição pela primeira vez na sua história e, na semana passada, um casal masculino na versão francesa de "Got Talent" emocionou o público para uma ovação de pé depois de realizar um dueto de dança como um protesto contra a homofobia.

A versão americana de "Dancing With the Stars" ainda não incluiu um casal do mesmo sexo no programa, embora o patinador olímpico Adam Rippon, em parceria com a dançarina Jenna Johnson, tenha-se tornado a primeira pessoa abertamente gay a vencer a competição em 2018.

DINAMARCA: Casal gay vence programa de televisão 'Dançar com as Estrelas'

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2020 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2020 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal