Atentados EUA 11 Setembro 2001 (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 
Parceiro PortugalGay

Reportagem

Atentados EUA 11 Setembro 2001

Nova Iorque e Washington, E.U.A. - 11 Setembro 2001
Actualizado em 19 Set 01 12:40


Passageiro gay reconhecido como heroi nacional
Em frente a 7000 pessoas que se juntaram na passada segunda feira em memória das vítimas dos atentados, a senadora Barbara Boxer indicou Mark Bingham, homossexual assumido, como uma das vítimas que deveria ser reconhecida. Supõe-se que Bingham, um dos passageiros do voo 93 da United Airlines, tenha tentado com outros passageiros recuperar o controlo do avião aos sequestradores. A senadora Boxer apresentou a bandeira dos E.U.A. ao companheiro de Bingham, Paul Holm. Na ocasião Holm afirmou: "Era da essência do Mark proteger os fracos", e mesmo entre lágrimas conseguiu puxar uma gargalhada da audiência: depois de descrever Bingham como heróico, amigável e muito parecido como "um enorme cão Labrador Retriever humano... Mark foi sempre o meu heroi pessoal. Agora é um heroi muito público."
Fonte: Advocate.com 19 Set 01


Relato dos últimos acontecimentos no voo 93
Segundo a CNN.com os últimos momentos do voo 93 da United Airlines decidiram-se através de chamadas para telemóveis: vários dos passageiros conseguiram falar com as famílias e confirmar que dois aviões já tinham sido utilizados como bombas. Segundo o site os passageiros que tentaram recuperar o controlo do avião foram: Jeremy Glick, 31 anos, campeão de judo, Todd Beamer, Tom Burnett, antigo jogador amador de rugby (e director da firma Thoratec), Mark Bingham, jogar de rugby e homossexual assumido. Não se sabe o que aconteceu quando os passageiros decidiram atacar. Um facto conhecido é que o Presidente Bush autorizou o abate do avião. Outra questão é que os destroços do avião indicam claramente que o mesmo explodiu no ar, podendo ter sido por razões internas (bomba, outro tipo de explosão) ou abatido pela força aérea norte americana.
Fonte: CNN.com (clique para ver artigo completo) 18 Set 01


Casal gay e filho adoptado eram passageiros de avião desviado
Um casal gay a caminho de casa em Los Angeles de Boston estão entre aqueles que faleceram no voo 175 da United Airlines e que foi desviado por terroristas tendo atingido a segunda torre do World Trade Center em Nova Iorque, informa a WAVE-TV, de Lousiville. Ronald Gamboa e o seu companheiro de 13 years, Dan Brandhorst, viajavam com o seu filho adoptivo de 3 anos, David.
Fonte: Advocate.com 13 Set 01


Co-piloto de avião sequestrado era gay
O co-piloto do voo 77 da American Airlines que caiu sobre o Pentágono na terça-feira (dia 11) era homossexual. David Charlebois tinha 38 anos e fazia a sua rota regular entre Washington D.C. e Los Angeles quando o seu avião foi sequestrado por terroristas e lançado contra o Q.G. das Forças Armadas norte-americanas. Gay assumido, Charlebois era um membro da associação de pilotos gays e saiu fardado na Marcha do Milénio no ano passado em Washington D.C. Embora não se considerasse um militante, o piloto lutava para que a extensão dos benefícios aos parceiros homossexuais de funcionários fosse uma norma em todas as companhias aéreas e trabalhava para uma ONG de jovens homossexuais.
Fonte: Mix Brasil 13 Set 01


Gay New York em choque como todos os outros [Texto e Fotos por Rex Wockner para o PortugalGay.PT, exclusivo em Português]

"Achei que ia desta para melhor," afirmou Ralph Buchalter, um amigo gay deste reporter que trabalha na Bolsa. "Vi o segundo avião a atingir as torres. Estava atrasado para o trabalho. As torres são a dois quarteirões do meu emprego."

"Quando a primeira torre caiu, começou um barulho estranho, como de um comboio, as pessoas começaram a gritar, e depois só uma nuvem preta. Parecia que queriamos todos ultrapassar um comboio, eu e centenas de outras pessoas. Não havia nada que pudesse fazer. Algumas pessoas gritavam ou desmaiavam. O barulho era incrível. Não havia nada que eu pudesse fazer. Não importava se eu corresse mais 1 metro. Parei na porta de uma loja Indiana de tecidos."

"Parecia que estava bem quando acordei hoje, e quando fui tomar pequeno almoço, e quando peguei no jornal, e quando vi as imagens quase que desmaiei e tive de abandonar o restaurante. Pensamos que estamos bem por um momento, mas quando a imagem nos vem à cabeça começamos a chorar. Estou vivo. Estou muito agradecido. Sinto-me um sortudo. O lado psicológico de encarar a enormidade é que é muito difícil".

Terroristas desviaram aviões comerciais atingindo dois o World Trace Center e o terceiro o Pentágono. Ambas as torres do World Trade Center desmornaram assim como uma das secções do Pentágono. Um quarto avião desviado caiu numa zona rural de Pensilvânia. O total de mortes pode atingir os cinco dígitos.


"[Eu] nunca estarei OK novamente," afirmou o jornalista gay veterano de Nova Iorque Andy Humm. "Tenho a certeza que perdi amigos. Monstruoso. Não sei o que ei de fazer. Não sei para onde ir. O meu companheiro de apartamento, Jed, viu tudo do seu escritório em Jersey City do outro lado do rio Hudson. Telefonou-me para eu ligar a televisão. Eu vi o segundo avião ao vivo na TV. Fui para o terraço do meu edifício e vi as torres a arder. Voltei para dentro por uns minutos. Voltei ao terraço e as torres tinham desaparecido. Desaparecido."


"O meu pai e os meus três irmãos têm duas coffee shops na zona; uma é mesmo na rua do WTC," afirmou o jornalista gay e autor Michelangelo Signorile. "Foram para o abrigo anti-bomba [Nota PortugalGay.PT: dos tempos da guerra fria e do medo da guerra nuclear] nos edifícios respectivos logo após as primeiras explosões terem estelhaçado as janelas e pouco antes das torres terem colapsado. Uma das lojas foi completamente destruída na 'onda de choque' dos destroços do colapso, a outra foi muito danificada. O mais incrível é que conseguimos falar com eles, aqui e alí, ao telefone durante todos os acontecimentos. Eles estavam, como podem imaginar, muito abalados. Estavam mais ou menos OK fisicamente, sofrendo um bocado da inalação do fumo. Fora a pé até ao Staten Island Ferry, a única maneira de saír de Manhattan agora. O meu irmão disse que viu coisas 'terríveis' nas ruas em termos de danos em pessoas."

"Fui de bicicleta até ao pé da câmara municipal," afirmou o activista gay veterano de Nova Iorque Bill Dobbs. "Muitas máscaras na cara, algumas improvisadas. Uma verdadeira tempestadade de areia em algumas áreas. Muito pouco tráfego excepto veículos de emergência. Poeira e detritos em todas as ruas da zona, algumas com vários centímetros de espessura ... o ambiente é incrédulo, emocional mas calmo ... as World Trade Towers são parte da minha vida do dia a dia, ver as torres e o Empire State Building é parte de Manhattan para mim. Agora só vejo nuvens gigantes de fumo cinzento escuro onde elas deveriam estar. Não consigo imaginar como deve ter sido quando as estruturas colapsaram."


"O meu companheiro Gary estava no seu novo escritório mesmo ali ao lado em Wall Street ... quando o primeiro avião acertou." afirmou o activista luta anti-SIDA e veterano da ACT UP/Nova Iorque Peter Staley. "Telefonou-me por volta das 8:50, a perguntar-me se tinha visto algo nas notícias, pois tinha ouvido uma explosão e viu papeis de escritório a passarem pela janela. Eu vi o segundo avião ao vivo na CNN. O Gary consegui apanhar o metro antes dos edifícios colapsarem."

"O meu colega de trabalho, editor da Gayzette, Frank Williams, tinha acabado de sair do metro a dois quarteirões do WTC, sentiu um cheiro a fumo e dirigiu-se á multidão no cruzamento quando a primeira torre desmoronou," afirmou Carol Fezuk, editora da Rehoboth Beach [Delaware] Gayzette. "Ele disse que houve um caos total quando as pessoas correram umas sobre as outra numa tentativa de econtrar um abrigo. Ele fugiu sobre corpos e outros agarraram-no para tentar fugir da nuvem de poeira e detritos que envolveu as ruas da cidade. Parece que está OK ... mas tem algumas dores no peito e problemas devido ao pó."

Os escritórios da Lambda Legal Defense and Education Fund e da American Foundation for AIDS Research estão localizados na zona baixa de Manhattan, mas aparentmente ninguem da organização foi ferido. "Aparte de termos de passar entre núvens de poeira, os que estávamos na Lambda Legal Defense conseguimos sair sem problemas e dirigimo-nos para casa," afirmou uma das advogadas de serviço Jennifer Middleton. "Estamos no mesmo edifício que a AmFAR, e se bem que o edifício não estivesse tão perto do WTC saímos para ruas cheias de detritos e montes de evacuados dirigindo-se para norte."


Autor e co-foundador da ACT UP, Larry Kramer acordou no seu apartamento de Greenwich Village pouco depois dos ataques.

"O World Trade Center é um monte de fumo libertando uma quantidade incrível de enormes nuvens brancas," afirma Kramer. "Liguei a minha televisão e durante a hora seguinte andei entre a janela e a televisão a comparar. A realidade era quase demasiado má para poder olhar directamente. Deitei-me na minha cama e comecei a sentir-me peculiar. Não sei exactamente como descrever a sensação. Senti que a minha vida, e a vida de todos, neste país, tinha saído fora de controlo. Deus sabe que tive horrores em termos de saúde nos últimos dois anos, mas isto era diferente. Parece-me que se tivesse estudado Sartre ele teria dito que era uma questão existencial. A minha existência deixou de ser a minha existência. Liguei para alguns amigos que sabia que trabalhavam no WTC e descobri que estavam todos a salvo. Então, por qualquer razão, decidi tentar e seguir o meu dia conforme planeado. O meu dentista tinha-me marcado uma consulta (quero acabar algum trabalho sujo antes de chegar o meu novo fígado) ... como tal saí para a rua e tentei ver como poderia chegar à minha primeira paragem na 61st / Park.

Entre as pessoas abertamente gays que se sabe terem falecido está o capelão Católico do Departamento de Bombeiros, o Rev. Michael Judge.

"Ele era um ser humano decente e maravilhoso", afirmou o jornalista Humm. "Quanto os gays foram deixados de fora da Parada de St. Patrick, ele deu-me uma entrevista na rua dizendo o terrível que era para nós sermos descriminados e ainda mais por ser a Igreja a fazê-lo. Vi-o em muitas demonstrações para causas gays e SIDA, aparecendo no seu traje de monge franciscano. E era igualmente querido pelo Departamento de Bombeiros, tendo estado nas maiores tragédias de fogos liderando o apoio moral aos bombeiros."

David Angell, 54, de Pasadena, Califórnia, produtor executivo do show Frasier, faleceu num dos aviões. Angel, que era heterossexual, esteve involvido nos protestos contra a Dr. Laura Schlessinger e escreveu o episódio de Cheers no qual um antigo grande amigo de Sam diz-lhe que é homossexual e o grupo fica com medo que o Cheers se transforme num bar gay.


Fora de Washington, D.C., onde um dos aviões capturados se despenhou contra o Pentágono causando danos significativos e matando pelo menos 800 pessoas o activista John Aravosis afirma: "Para nós em Washington ... estamos sobre estado de emergência e passamos a maior parte da manhã olhando pelas nossas janelas esperando ver 11 aviões supostamente perdidos a destruir o Congresso, a Casa Branca e o Monumento a Washington. Posso vê-los a todos do meu alpendre."

"Literalmente de 10 em 10 minutos estava a olhar pela janela à espera de ver o edifício do Capitólio em chamas," continua Aravosis. "Um amigo meu num dos escritórios de um senador recebeu uma chamada às 10 da manhã [3 da tarde em Portugal] dizendo que um avião se dirigia para o Congresso e que deveriam evacuar o edifício, depressa. As únicas coisas que se podia ouvir no exterior durante todo o dia foram sirenes e os F-16 a passarem por cima das nossas cabeças protegendo o espaço aéreo da cidade, o que teoricamente nos devia deixar mais descansados, mas era realmente mais aterrorizador, numa maneira tipo Beirut, que tiros."

"Esta manhã, é estranho ver Humbees e a polícia militar nas esquinas de Georgetown", afirmou o activista de D.C. Joel Lawson. "Da janela do meu escritório, vê-se os militares e a polícia em constante patrulha do Rio Potomac, com particular atenção às estruturas de segurança nas margens, tais como o Centro Kennedy e a massiva ponte Key. Tendo vivido tantos anos em Washington, D.C., é aterrorizador concluir que existiam tantos buracos de segurança. A segurança vai finalmente mudar aqui. 'Business as usual' é algo ultrapassado.


Cronologia (entre parenteses hora de Portugal):
[Por PortugalGay.PT]

8:45 (13:45) - O voo 11 da América Airlines de Boston para Los Angeles, um Boeing 767 com 92 pessoas a bordo atinge a torre norte do WTC.

9:03 (14:03) - Cerca de 18 minutos depois, o voo 175 da United Airlines, novamente um Boeing 767 desta vez com 65 pessoas atinge a torre sul do WTC.

9:24 (14:24) - O Presidente dos E.U.A., George W. Bush, classifica os acontecimentos como "um aparente atentado terrorista contra a nossa nação".

9:32 (14:32) - Encerramento da Bolsa de Nova Iorque

9:40 (14:40) - É dada a ordem para que todos os voos civis sejam cancelados.

9:43 (14:43) - O voo 77 da American Airlines, um Boeing 757 com origem no Dulles Airport (perto de Washington) para Los Angeles com 58 passageiros e 6 membros de tripulação, despenha-se contra o Pentágono. Um dos lados do edifício colapsa.

10:00 (15:00) - O voo 93 da United Airlines, um Boeing 757 com origem em Newark (perto de Nova Iorque), para São Francisco com 38 passengers e 7 membros de tripulação despenha-se a norte do Aeroporto de Somerset County, na zona de Pittsburgh.

10:05 (15:05) - A torre sul do WTC colapsa.

10:28 (15:28) - A torre norte do WTC colapsa.

4:45 (21:45) - A Cidade de Nova Iorque anuncia que 200 bombeiros e 78 polícias faleceram ou estão desaparecidos.

5:25 (22:25) - World Trade Center 7, uma torre de 47 andares pertencente ao complexo WTC colapsa.


Sobre o World Trade Center
As torres faziam parte de um complexo de seis edifícios em torno de uma praça em Nova Iorque. Cada uma das torres tinha 110 andares. O topo do World Trade Center 1 chegada aos 417 metros de altura, e o World Trade Center 2 a 415 metros de altura. Desenhados por Minory Yamasaki e inaugurados oficialmente em 1972 as torres eram os edifícios mais altos do mundo até serem ultrapassadas em 1973 pelas Sears Tower em Chicago. Cada torre tinha 104 elevadores para pessoas, 21800 janelas e cerca de 3400 metros quadrados de espaço útil de escritórios por andar. Existia um observatório no andar 107 da torre norte, World Trade Center 2 [local onde foi tirada a foto que ilustra esta página]. Uma bomba colocada por terrorista numa das garagens do World Trade Center 2 em 26 de Fevereiro de 1993, matando diversas pessoas. No dia 11 de Setembro de 2001 cada uma das torres foi atingida por jactos Boeings 767 em serviço comercial desviados por terroristas, tendo desmornado passado cerca de uma hora.

Fonte:
"World Trade Center" Encyclopædia Britannica
<http://www.britannica.com/eb/article?eu=79577&tocid=0&query=world%20trade%20center>
[Accessed September 12, 2001].

Foto: PortugalGay.PT

[Informação PortugalGay.PT:]

A fachada das torres tem 60 metros de largura. Cada andar é quadrado com aproximadamente a mesma área de metade de um campo de futebol. A área útil apenas nas duas torres é de mais 750'000 metros quadrados. Para termos uma ideia a Sonae Imobiliária gere actualmente um total 928'000 metros quadrados de área arrendável nos seus muitos Shoppings (fonte site www.sonae.com).


Sobre o Pentágono
Edifício de cinco lados perto de Washington, D.C., que é sede do Departamento de Defesa dos E.U.A. Desenhado por George Edwin Bergstrom em 1941-43 para colocar debaixo do mesmo tecto diversos serviços que se encontravam dispersos por diferentes edifícios. Quando foi terminado era o maior edifício de escritórios do mundo cobrindo 14 hectares, incluindo um claustro central de 2 hectares e disponibilizando 343'730 metros quadrados de área utilizável para mais de 25000 pessoas, militares e civis. A estrutura tem cinco andares em cinco aneis e conta com terminais de taxi e autocarros próprios. O parque de estacionamento nas áreas adjacentes tem capacidade para 10'000 carros.

Fonte:
"Pentagon" Encyclopædia Britannica
<http://www.britannica.com/eb/article?eu=60596&tocid=0&query=pentagon>
[Accessed September 12, 2001].

Foto: www.defenselink.mil

Setembro 2001
 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal