Reportagem: Marcha Act Up - Nova York - 2007 (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 
Parceiro PortugalGay

Reportagem

Marcha Act Up - Nova York - 2007

Quinhentas pessoas marcharam e 27 foram detidas na celebração do 20º aniversário da ACT UP realizado numa demonstração no dia 29 de Março em que se pedia um sistema de apoio à saúde uniforme e um controlo do preço dos medicamentos.

"Não conseguia acreditar no número de pessoas que apareceram," disse o fundador da ACT UP Larry Kramer. "Isto é um arranque extraordinário para a nova ACT UP, com um impacto muito maior que qualquer um de nós esperava ou podia imaginar."

Os activistas marcharam desde o Edifício Federal passando pela Câmara Municipal, a Igreja Trinity, a Bolsa de Nova York, até à escultura do Touro em Carga no Parque Bowling Green, onde 27 pessoas foram detidas quando bloquearam o tráfego num "die in". Entre os levados para custódia estava o fundador da revista POZ, Sean Strub.

Os manifestantes gritam: "No more bullshit, health care for all," "Health care for people, not for profit" e "Same old bullshit, 20 years later.", o que numa tradução para Português livre dá "Não queremos mais merdas, tratamento médico para todos", "Tratamento médico para as pessoas, não para o lucro", "A mesma treta de sempre, 20 anos depois." [uma referência à falta de acção do governo dos EUA nos primeiros casos de VIH/SIDA]

"Este protesto é o arranque de uma campanha por activistas para garantir que o acesso universal aos direitos de saúde sejam um tema da campanha dos candidatos à corrida presidencial de 2008", afirmou a porta-voz Cathy Renna.

Os manifestantes incluiam activistas da ACT UP/Nova York, ACT UP/Filadélfia, African Services Committee, Housing Works, Metro New York Health Care for All Campaign, Physicians for a National Health Plan, Healthcare NOW, e a New York City AIDS Housing Network.

"Foi uma mistura da antiga e da nova ACT UP com a Housing Works e PWAs [people with AIDS/Pessoas com SIDA]," Kramer afirmou numa entrevista.

"Vi antigos amigos que já via há anos e nem sequer sabia se estavam vivos".

"Vamos realizar uma reunião de organização [a 12 de Abril] sobre o que queremos ser e para onde queremos ir ... para tomar decisões importantes sobre como nos organizarmos e escolher as nossas missões."


Uma manifestação de aniversário muito mais reduzida também aconteceu em São Francisco no mesmo dia da marcha de Nova York. Michael Petrelis, co-organizador, disse que cerca de 50 a 75 pessoas marcharam no passeio da Rua 18 com a Rua Castro até um local na Market Stree onde realizaram um "die-in" no passeio. Não houve nenhuma detenção.

Manifestação em Nova York

Manifestação em Nova YorkManifestação em Nova YorkManifestação em Nova YorkManifestação em Nova YorkManifestação em Nova YorkManifestação em Nova YorkManifestação em Nova York

Larry Kramer em Nova York

Larry Kramer em Nova York

die-in em São Francisco

die-in em São Francisco
30 Março 2007
 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal