Pesquisa:

Sexta-feira, 31 Julho 2009 10:58

SUÉCIA
Revisão de tratamentos para transexuais



O Swedish Board for Health and Welfare (Socialstyrelsen) iniciou uma revisão dos tratamentos dispensados a pessoas transexuais que desejam submeter-se à CRS.


Organizações representantes da comunidade LGBTTI há muito que argumentavam que os serviços prestados não atendiam plenamente às suas necessidades.

As críticas centravam-se em questões como o atraso no processo de transexualidade com variações de até vários anos, dependendo da localidade.

Existem também diferenças significativas de preços para as diversas operações e procedimentos entre as autoridades sanitárias do país e incoerências sobre o montante que as pessoas transexuais têm de contribuir.

"A esperança é que teremos para oferecer cuidados de saúde de alta qualidade para este grupo e que será consistente em todo o país, o que deverá melhorar a qualidade de vida para as pessoas transexuais", disse Håkan CEDER à Sveriges Radio (SR).

Segundo a legislação que remonta a 1972, para se aceder à CRS deve-se ser maior de 18 anos, ter a cidadania sueca, submeter-se a esterilização e não se ser casado. Para se estabelecer o género da pessoa, deve ser concluído um exame psiquiátrico antes do pedido ser submetido ao Health and Welfare Board's para deferimento. Após a confirmação de género da pessoa transexual é emitido um novo número de identificação pessoal (personnummer) e só então se poderá submeter à CRS.

Durante trinta anos, a média de pessoas a submeter-se a esta cirurgia era de 12 a 15 por ano. Desde 2003 subiu para 25 por ano, segundo dados fornecidos pela Federação Sueca dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (RFSL).

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2023 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

N?o ? um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2023 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal