Pesquisa:
 

Segunda-feira, 1 Junho 2009 09:57

TURQUIA
Relatório da Amnistia Internacional não revela avanços



No seu relatório anual, a Amnistia Internacional cita que na Turquia a discriminação pela orientação sexual e identidade de género persiste, tal como alegações de violência por elementos das forças de segurança contra a população transgénero/transexual.


Segundo o relatório, em Maio um tribunal local ordenou o encerramento da Lambda Istanbul, organização que apoia as pessoas LGBT, depois do gabinete do governador de Istambul se ter queixado que os objectivos da organização eram 'contra os valores morais e a estrutura familiar'.

Uma pessoa trans disse à Amnistia Internacional que em Fevereiro foi detida na rua, levada para Direcção de Segurança de Ankara e de seguida insultada e agredida pela polícia. Foi libertada seis horas depois mediante pagamento de multa.

Em Julho, Ahmet Yildiz foi abatido a tiro à porta de casa em Istambul no que se suspeita ser um crime de honra homossexual. Ele tinha anteriormente apresentado uma queixa-crime relativa a ameaças feitas contra ele por familiares.

E Portugal apoia incondicionalmente a entrada da Turquia na Comunidade Europeia, segundo o Presidente da República. Pois.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2009)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e TRÊS.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal