Pesquisa:
 

Terça-feira, 22 Novembro 2011 21:06

SUIÇA
Político compara casais gays à cocaína



A adoção por casais do mesmo sexo está em debate no país e as afirmações de um líder político chocaram muitos pela comparação da homossexualidade ao uso de drogas.


Na semana passada a comissão jurídica da câmara alta, o Conselho dos Estados, votou a favor de mudar a lei para tornar mais fácil a adoção de crianças por casais de gays e lésbicas. Atualmente uma pessoa solteira pode adotar independentemente da sua orientação sexual, mas casais do mesmo sexo não o podem fazer.

Christophe Darbellay, chefe do partido de centro-direita Democratas-Cristãos (CVP) é profundamente contrário a qualquer mudança na legislação que rege a adopção. Ele disse não entender por que a lei deveria ser estendida para incluir os casais homossexuais.

"Eu não legalizar a cocaína, de repente, só porque meio milhão de pessoas consomem", disse ele ao jornal Le Temps na passada sexta-feira.

Os seus comentários causaram polémica. A Associação das Famílias Arco-íris disse que era "um insulto" que Darbellay tenha "comparado pais do mesmo sexo com viciados em cocaína." O seu co-presidente disse ao jornal 20 Minuten que ficou "chocado com a sua homofobia". Barbara Lanthemann da organização lésbica LOS afirmou ao mesmo jornal que "Darbellay está a comparar duas coisas que simplesmente não são comparáveis".

Na segunda-feira, Darbellay, defendeu sua declaração. "Eu não queria insultar ninguém. Eu simplesmente queria dizer que só porque algo existe, não significa que tenha de ser legalizado".

O Conselho dos Estados declarou na semana passada que os adultos devem ser capazes de adotar, independentemente do seu estado civil ou orientação sexual, desde que essa seja a melhor solução para a criança. E esclareceu que estava a reconhecer a realidade das muitas famílias com pais ou mães do mesmo que sexo que proporcionam hoje em dia um ambiente familiar estável.

A mudança na lei exigirá a aprovação também na câmara baixa, o Conselho Nacional, que já rejeitou uma petição exigindo direitos iguais para adoção de casais de gays e lésbicas.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2011)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e TRÊS.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal