Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 22 Junho 2021 13:21

DESPORTO
Seis atletas franceses de topo fazem o seu outing, neste mês do Orgulho LGBT+



Os seis atletas vão do rugby à patinagem artística, e a sua orientação sexual homossexual foi revelada num documentário televisivo intitulado “Precisamos conversar”.


O documentário do Canal+ demorou um ano a estar pronto e o acordo entre produção e atletas foi não falar do documentário até ele ser exibido, a sua exibição seria assim o tiro de partida.

Um dos atletas, o patinador Kevin Aymoz, viveu grande parte do seu percurso desportista aterrorizado que se descobrisse a sua homossexualidade, um medo reforçado porque sempre ouviu dizer que patinagem artística é “desporto de bicha”.

Os medos multiplicam-se: o nadador medalha de ouro e prata em 2012, e prata em 2016, Jérémy Stravius, diz no documentário que sempre teve medo de apresentar como homossexual porque imaginava que “algumas pessoas diriam que se estivéssemos no vestiário juntos, eu estaria a observar os outros” seus colegas.

O medo e a opressão têm várias formas, a jogadora de basquete Céline Dumerc, agora numa relação, diz que disfarçou durante demasiado tempo ser a eterna "solteirona".

Já a esgrimista Astrid Guyart ouviu durante dez anos piadas homofóbicas e sentiu-se pressionada a rir do que não achava piada nenhuma com medo de ser identificada como LGBT+.

Dos seis Jérémy Clamy-Edroux é o único que pratica um desporto de equipa, como jogador de rugby ele fala de um tempo em que usou uma linguagem bem clara de forma a afastar qualquer ideia de que ele seria homossexual, mas adianta que o rugby é jogado por homens e não é por isso que é homofóbico, são “homens inteligentes e de mente aberta” disse.

A judoca Amandine Buchard conta que não tem relação com a sua mãe desde que se identificou como lésbica, mas fez um trabalho de incentivar outras pessoas a viverem as suas vidas integralmente. Adianta ainda que acha que todos os atletas LGBT+ precisam abraçar o sentimento de que são bons nas suas atividades e na vida e que devem se aceitarem como são.

Entre estes seis atletas três deles são atletas olímpicos: Guyart, Buchard e Dumerc classificaram-se para os Jogos de Tóquio, tendo Buchard como uma das favoritas na sua classe.

O documentário "Faut qu'on parle", com cerca de 1 hora de duração, está disponível em streaming (pago) no Canal+.

DESPORTO: Seis atletas franceses de topo fazem o seu outing, neste mês do Orgulho LGBT+

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas SETE e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal