Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Sexta-feira, 21 Outubro 2005 00:59

ITÁLIA
Dolce e Gabbana estão contra casamento gay e defendem Igreja Católica



O casal que provocou um choque no indústria da moda ao anunciar sua separação, agora surpreende de outras maneiras. É só tocar em Casamento Gay, Igreja e filhos.


Domenico Dolce, 47 e Stefano Gabbana, 42 anos, em mais uma entrevista deram sua opinião sobre estes temas, que representam a bandeira de luta do movimento gay em todo mundo.

Os estilistas donos da griffe italiana, que viveram 20 anos juntos, falaram à revista Stern alemã pedindo aos gays que "tenham mais respeito com a Igreja e que não façam lobby contra a religião católica".

Domenico Dolce demonstrou ainda na entrevista todo seu apreço ao Papa Bento XVI.

Para eles a postura do Papa e da Igreja contra o casamento homossexual está correta e aproveitaram para mandar um recado à comunidade GLS para que fizesse uma autocrítica: "Nós recriminamos o Estado e a Igreja por não aceitar a homossexualidade, no entanto há muitos que insultam a Igreja e participam das paradas de orgulho gay, e quando chegam em casa não admitem sua orientação sexual"

Gabbana, que realizava um desfile em Milão, foi questionado sobre sua opinião neste assunto. Ele divide a opinião do ex-compaheiro e diz que é contra o casamento gay e que filhos deveriam ser criados por um homem e uma mulher e seria uma injustiça para a criança crescer sem a figura materna. Até agora membros da comunidade não lhes deram resposta.

Não muito atrás em entrevista à revista americana Vanity Fair edição de agosto de 2005 eles confessaram que desejavam ter filhos e que havia diferenças entre "concepção e criação."

Gabbana, que queria ter mais que um, desejava adotar como solteiro e Dolce disse que uma criança deveria crescer com o pai e mãe. Ele estaria à procura de um mulher para ter um filho,que seria concebido via inseminação artificial, com a qual criariam um lar para a criança.

Domenico desabafou que gostaria de ter um time de futebol com barulho de talheres e pratos à mesa, como uma família italiana. Mas reclamou que isto é um fato que falta a ele como homem gay para ser completamente feliz com a sua vida. Mas ele é mesmo feliz como gay?

Eles construíram um império de 350 millhões de dólares. Domenico Dolce de Palermo e Stefano Gabbana de Milão se conheceram trabalhando para o mesmo designer em Milão.

O casal separou-se em outubro de 2004 de forma amigável e continuam a morar no mesmo prédio.Mesmo como namorados passam a maioria das horas praticamente juntos no trabalho. Domenico explica: "Sob o ponto de vista profissional nós ainda estamos juntos e temos um amor forte que nos une."

O ex-casal garante que os ciúmes não interfere na relação. É uma questão de inteligência, explica Domenico, mesmo não sendo fácil. Vivemos quase 20 anos juntos. Há paixão em tudo."

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal