Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 17 Março 2020 10:55

NIGÉRIA
Jornal alerta para 'perigo' de homossexuais 'viciados'



O jornal The Sun na Nigéria, publicou um artigo de opinião sobre o perigo com os jovens que se envolvem mais na homossexualidade


A Nigéria está entre os países mais perigosos do mundo para as pessoas LGBT +. A homossexualidade é punível com até 14 anos de prisão ou a pena de morte de acordo com a lei da Sharia, e mesmo falar de direitos LGBT+ é crime.

Num artigo de opinião publicado este domingo no The Sun Nigeria (que não tem ligação com o mais conhecido The Sun do Reino Unido) assinado por "Rapheal" são feitas considerações graves sobre as questões LGBT+.

Confissão arrepiante

O artigo começa com uma "confissão arrepiante" de um profissional do sexo gay que acaba sendo uma descrição de qualquer trabalhador do sexo, independentemente do género. Depois apresenta a sua "preocupação" com o "facto" de que as práticas homossexuais estão a "ganhar terreno nas gerações mais jovens". E continua com a metáfora dos "tentáculos" que "homens doentes" lançam aos hojems que não compreendem as "implicações e consequências sociais, espirituais, físicas e de saúde de tais atos." Depois explica que a homossexualidade se tornou uma "prática comum" entre os rapazes de internatos, e até "vizinhanças decentes" não estão livres desta "ameaça atroz".

A culpa dos pais ocupados

Depois entra num devaneio sobre a prática por estudantes universitários e criticam os pais por suportarem a sua educação. E explica também com grande detalhe que nas escolas os "jovens a dormir" são violentados por alunos mais velhos, e por medo cedem à "prática diabólica" e a prática propaga-se assim. Outra "confissão" anônima de um ex-aluno evoca o antigo paralelo entre homossexualidade e pedofilia, com grande detalhe gráfico na explicação, alegando que ele foi abusado por um tio quando criança e depois "transmitiu" isso a seus colegas, explicando que só quando foi expulso da escola conseguiu explicar a situação "aos seus pais que andam muito ocupados".

Como identificar os homossexuais

Não contente com estes devaneios, o autor explica também detalhadamente outros casos, incluindo a referência que o cor-de-rosa é um identificar claro dos homosseuxais, situações em que homens trabalhadores do sexo se disfarçam de mulheres para poderem acompanhar os clientes a casa ou ao hotel.

Corolário disto tudo, os conselhos para os pais poderem identificar a homossexualidade nos seus filhos (com chocantes confusões entre orientação sexual e identidade de género).

Não irão encontrará a etiqueta 'homossexual' na cara, mas quando vir o seu filho a vestir-se principalmente de rosa, depilar-se, dar forma e esculpir as sobrancelhas; quando muda o seu andar; quando muda a forma de falar; quando se senta nó numa das nádegas, quando se mancha como uma jovem no período, quando faz gestos femininos, fique muito atento! 

NIGÉRIA: Jornal alerta para 'perigo' de homossexuais 'viciados'

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2020 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2020 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal