Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quinta-feira, 14 Agosto 2003 00:59

EUA
Psicólogos americanos dizem que conservadorismo é uma doença



Um grupo de psicólogos da Universidade do Maryland (EUA) apresentou um estudo no qual concluem que o conservadorismo é uma "doença psicológica".


Os autores do estudo teorizam que o conservadorismo é explicável por uma série de "neuroses" ligadas "ao medo, à agressão, ao dogmatismo e à intolerância de ambiguidades". Na definição dos autores, "conservadorismo" abrange figuras como Hitler, Mussolini, o apresentador de rádio de direita Rush Limbaugh e o Presidente George W. Bush. O estudo foi financiado com 1,2 milhões de dólares atribuídos pelo Estado americano; alguns conservadores americanos já se queixaram que esta não é uma forma apropriada de gastar dinheiros públicos. No artigo, publicado na revista científica "Psychological Bulletin", os autores escrevem, contudo, que a sua teoria não implica que "o conservadorismo seja patológico, nem que as crenças conservadoras são necessariamente falsas".

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal