EUA: Jogador de futebol americano sai do armário (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 11 Fevereiro 2014 22:33

EUA
Jogador de futebol americano sai do armário



Jogador num projeto que pretendia conhecer melhor os jogadores, revela que é homossexual.


Os treinadores da Universidade do Missouri decidiram separar os jogadores em grupos para que estes se pudessem abrir sobre as sua vida pessoal e assim ficarem a conhecer-se melhor. Cada um foi convidado a falar sobre por que escolheram o Missouri, onde cresceram, bem como outros interesses e assuntos que achassem importantes para partilhar com o mundo.

Michael Sam, enrolando um papel nas mãos numa resposta corporal de algum desconforto, diz “eu sou homossexual”.

Com esta revelação Sam candidatou-se a ser o primeiro jogador homossexual no ativo da Liga Nacional de Futebol dos EUA. Sam que pensava estar a revelar algo novo para todos, mas a expressão dos colegas foi o alívio de vê-lo finalmente a “sair do armário”. Michael Sam foi também o escolhido entre os colegas de equipa como o mais valioso jogador universitário do Missouri, tal como já o tinha feito a Associated Press. A diferença entre Sam e os restantes jogadores de futebol americano que tinham divulgado publicamente que são homossexuais ou bissexuais é que Sam continua no ativo. Sam faz esta revelação a meses da seleção dos jogadores para a próxima temporada que decorrerá em Maio.

Num ambiente identificado como machista Sam já encontrou as duas faces da moeda: por um lado quem diga que não gostaria de o ter como colega de equipa, mas por outro a sua ingressão em mais uma época é desejada. Para que não houvessem dúvidas sobre o assunto, a NFL emitiu um comunicado onde se lia "admiramos a honestidade e a coragem de Michael Sam. Michael é um jogador de futebol americano. Qualquer jogador com habilidade e determinação pode ter sucesso na NFL estamos ansiosos para o receber e apoiá-lo em 2014."

O campeonato tem políticas de não discriminação onde se inclui a orientação sexual, mas é sabido quanto é difícil garantir essas políticas dentro e fora do relvado, especialmente numa das principais ligas desportivas do EUA com 1600 atletas e que nunca teve um jogador abertamente gay.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2019 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e QUATRO.
Depois clique em OK.

© 1996-2019 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal