Pesquisa:
 

Terça-feira, 6 Novembro 2012 15:33

FRANÇA
Casamento para todos agita águas políticas



O facto do programa eleitoral incluir a regulamentação do casamento civil para gays e lésbicas, deu a François Hollande um vasto apoio politico e popular, que o elegeu. Mas as coisas estão mais complicadas hoje em dia.


Quando no início do ano Hollande fazia do casamento entre pessoa do mesmo sexo uma das suas bandeiras eleitorais, mostrando-se um candidato liberal, e que “destronou” Sarkozy, granjeou ao candidato o apoio dos partidos da oposição além do seu partido, e de uma grande maioria do povo francês.

Contudo agora que Hollande se prepara para revelar o projecto lei “casamento para todos”, as pesquisas efectuadas dizem que já não é bem como no início. Parte da oposição e do povo mostra-se agora mais relutante, e até no seio do partido de Hollande as vozes já não cantam a uma só voz.

Líderes religiosos e outras figuras de topo da sociedade política francesa, fazem oposição ao projecto de Hollande, e desta forma o PS e por conseguinte Hollande, dão passos mais pequenos e arrastam a discussão no parlamento apenas para Janeiro de 2013.

De esperar a oposição da Igreja, o Papa pediu aos padres e bispos franceses que se opusessem à lei e, Dom André Vingt-trois ouviu e este domingo na homilia que celebrou em Lourdes, defender a família e os pais exclusivamente heterossexuais.

O ruído em volta do tema é por vezes “estridente” por parte da oposição. Os diversos fantasmas da aprovação da pedofilia, do incesto e, da poligamia já vieram a público.

Em 1998 a líder do Partido Democrata Cristão, Christine Boutin, de Bíblia em riste brandia-a enquanto protestava contra o PACS (união civil para casais do mesmo sexo), dizendo que depois das Uniões Civis viria o casamento. Agora sem a companhia do livro sagrado dos cristãos, que tem muitos exemplos de poligamia e incesto, diz que este projecto dá razão aos seus receios de então e reforça que se deixarem esta lei passar a seguir vem a poligamia.

França aprovou as uniões civis entre pessoas do mesmo sexo em 1999, um ano depois do protesto de Boutin. Veremos para quando a igualdade plena do casamento.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2012)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas SEIS e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal