Pesquisa:
 
Apoio

A Homossexualidade: Pais Informados podem ajudar...

Tolerância?

Sou uma pessoa totalmente aberta e é-me indiferente que o meu filho seja homossexual...

Será mesmo assim? Não se tratará antes de uma máscara? Uma forma de protecção?

Ao ser confrontado com as situações seguintes, como reagiria?

    Sente-se confortável perto do companheiro do seu filho?

    Se a resposta é NÃO é altura de se perguntar a si próprio sobre os motivos desse desconforto. Se o companheiro fosse do sexo oposto aconteceria o mesmo? Não? Então a sua aceitação da homossexualidade do seu filho não parece ser muito verdadeira, pois não?

    A forma aberta como o seu filho revela os sentimentos pelo companheiro, incomoda-o?

    Quando vê o seu filho beijar, abraçar ou dar a mão ao companheiro, sente-se embaraçado perante tal manifestação?

    Se fosse com alguém do sexo oposto não acharia isso perfeitamente natural? Tenta manter a sua própria heterossexualidade como um segredo? Obviamente que não! Então por que razão o seu filho deveria esconder a sua homossexualidade e os seus sentimentos? Se tal situação ainda o perturba, talvez tenha um problema em relação à homossexualidade do seu filho.

    Acha horrível e desajustada a ideia do seu filho viver em união de facto com o companheiro?

    Sondagens efectuadas à população portuguesa revelaram que a maioria das pessoas acha natural a união de facto entre homossexuais, bem como a necessidade da sua protecção legal. De tal forma assim é que as mesmas foram aprovadas em 15 de Março de 2001

    Não lhe parecera natural que o seu filho possa viver com o companheiro adulto que ama e escolheu? Não é natural que duas pessoas que se amam queiram partilhar a sua vida?

    Tem problemas em pensar no seu filho fazendo amor com o companheiro?

    Tenha sempre presente que as práticas sexuais entre os casais de homossexuais nada têm de anormal ou perverso. Sente-se preocupado com as práticas sexuais dos casais heterossexuais? Se estas práticas não o preocupam como o preocupam as práticas sexuais do seu filho com o companheiro, então talvez seja altura de dedicar alguns momentos ao assunto. A relação sexual entre os dois membros do casal homossexual não é o resultado natural da expressão do seu amor um pelo outro? Se acha que tal não é o caso, isso será indicador da existência de um problema com a homossexualidade em si.

    As palavras "homossexual", "gay" ou "maricas" incomodam-no?

    Se tal é o caso, pare e pense porquê. Provavelmente tal fica a dever-se ao facto destas palavras terem más conotações para si. Donde vêm essas conotações? Terão aplicação no seu filho? O seu filho será mesmo igual a outros homossexuais? Então qual a razão de ser das conotações negativas? Não se esqueça que se respondeu SIM a alguma das situações anteriores, então é porque não aceita tanto a homossexualidade do seu filho como imagina. Tem ainda trabalho a fazer...
 
Apoio

A Homossexualidade: Pais Informados podem ajudar...

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal