Pesquisa:
 

Sábado, 13 Fevereiro 2010 15:12

FRANÇA
Transexualidade deixa de ser considerada "doença"



Nesta última quarta-feira foi publicado um decreto do Ministério da Saúde francês desqualificando o transtorno de identidade de género como problema psiquiátrico.


Assim, a França torna-se no primeiro país do mundo a fazê-lo.

Esta alteração já tinha sido anunciada em Maio de 2009 pela ministra da Saúde francesa, Roselyne Bachelot, no dia anterior ao dia mundial de luta contra a homofobia e a transfobia, que teve o seu foco precisamente na transfobia, facto que em Portugal passou despercebido pela maioria das associações LGBTTI.

Como reacções, Joel Bedos, do Comité do International Day Against Homophobia and transphobia (IDAHO) realçou que "A França é o primeiro país do mundo a não considerar a transexualidade como doença mental", e Sophie Lichten, do mesmo Comité, acrescenta que "a próxima luta será a obtenção da mudança de sexo nos documentos" indicando que "presentemente é necessária a CRS para se poder mudar o sexo nos papeis, quando metade da população transexual não necessita de mudar fisicamente de sexo".

A exclusão da transexualidade das patologias mentais não retira nenhum dos benefícios previamente adquiridos, tais como cuidados médicos, comparticipações, etc.

Esta classificação deriva do CIM 10 (índex internacional de doenças), actualmente em vigor, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e do DSM-IV da Associação Psiquiátrica Americana (APA).

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2010)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal