Pesquisa:
 

Quinta-feira, 31 Janeiro 2013 10:25

ITÁLIA
Arcebisbo não sai de casa devido a manifestação LGBT



Arcebispo italiano ficou retido na sua residência, não devido a questões atmosféricas, mas devido a uma manifestação de activistas LGBT.


Giampaolo Crepalde, arcebispo de Trieste, foi alvo de uma manifestação organizada pela associação ARCIGAY no inicio do mês de Janeiro.

Sabe-se apenas agora do sucedido porque muito embora o arcebispo tenha reclamado, a imprensa não lhe deu qualquer importância.

Segundo Crepaldi a razão da manifestação é fundamentada em falsas alegações de que ele será intolerante e racista. Defende que “os ativistas LGBT estão determinados a obter a aprovação do casamento entre pessoas do mesmo sexo, e com esse fim acusam todos os adversários de homofobia”.

O arcebispo de Trieste diz ainda que o objetivo dos manifestantes é definir a “homofobia” como um crime, para inibir aqueles que “como a igreja católica, que tem defendido desde sempre que o casamento é entre um homem e uma mulher”, sejam apontados de intolerância, homofobia e racismo, e assim sujeitos a processo judicial.

Os organizadores da manifestação alegam que o arcebispo Crepaldi terá proferido um discurso de cariz homofóbico, uma opinião que parece ser partilhada pelas autoridades de Trieste que apoiaram a realização da manifestação, assim como terão até participado na manifestação dois membros do conselho da cidade.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2013)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal