Pesquisa:
 

Quarta-feira, 30 Agosto 2017 21:53

CHILE
Igualdade no Casamento Civil avança, mas aprovação só em 2018



A nova lei proposta pela Presidência cobre não só o casamento para gays e lésbicas como adopção


Não podemos deixar os preconceitos antigos serem mais fortes do que o amor Michelle Bachelet

Bachelet assinou a proposta, que será enviada aos legisladores, numa cerimónia no palácio presidencial.

O Chile aprovou uniões civis para casais do mesmo sexo em 2015 e despenalizou o sexo gay em 1999. O projeto de lei é apresentado uma semana depois de o Tribunal Constitucional ter decretado que a interrupção voluntária da gravidez deve ser legalizada em determinadas circunstâncias. O aborto é ilegal no país há 28 anos.

É improvável que a presidência consiga aprovação da medida no Congresso antes de terminar o seu mandato em março de 2018. Mas os defensores dos direitos LGBT celebraram a decisão como um passo importante na direcção certa.

É o início do fim da discriminação com base na orientação sexual para o aceso ao casamento.
Este dia será recordado tal como o dia em que as mulheres receberam o direito de voto, os escravos foram libertados ou os filhos nascidos fora do casamento conseguiram plenos direitos
 Luis Larrain, Fundação Iguales

CHILE: Igualdade no Casamento Civil avança, mas aprovação só em 2018

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2017)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal