Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Sexta-feira, 30 Junho 2006 15:56

SANTA SÉ
Vaticano aproveita mês de Junho para atacar homossexuais e lésbicas



Em vésperas do auto-denominado "Encontro Mundial das Famílias" a Igreja Católica tudo faz para demonstrar claramente que o seu modelo de família é baseado no matrimónio católico o qual só faz sentido para toda a vida e para efeitos reprodutivos.


Esta sexta-feira dirigindo-se ao novo embaixador do Uruguai, junto da Santa Sé, Mario Juan Bosco Cayota Zappettini, o Papa Bento XVI criticou o que ?denigre ou ridiculariza o alto valor do matrimónio?, afirmando que o seus direitos ?não podem ser dissolvidos em outras formas de união que pretenderiam usurpá-los?. Na mesma ocasião o Papa acusou alguns meios de comunicação social de serem usados para ?denegrir e ridicularizar o alto valor do matrimónio e a família, favorecendo assim o egoísmo e a desorientação, em vez da generosidade e o sacrifício necessários para manter vigorosa esta autêntica «célula primária» da comunidade humana?.

Dias antes, Cardeal Alfonso Lopez Trujillo, presidente do Conselho Pontifício para a Família afirmou que ?As legislações e uma grande parte da cultura laica estão a desmantelar a família, pela a peça?, referindo-se à legislação que reconhecem legalmente as uniões entre pessoas do mesmo sexo. o Cardeal continua ?Receamos, face às legislações actuais, que falar para defender a vida e os direitos da família se torne, em certas sociedades, uma forma de desobediência ao governo, uma discriminação em relação às mulheres? confessou. Em conclusão, o membro da Cúria Romana afirmou que a Igreja ?não tem nenhuma intenção de promover choques civilizacionais nem de ferir ninguém?, mas defende que todos os projectos legislativos sirvam o ?bem comum colectivo? e não se preocupem em ?favorecer os interesses de poucos?.

Em Portugal, o Bispo do Porto, D. Armindo Lopes Coelho aproveitou a benção episcopal a casais jubilados da diocese do Porto (em comemoração dos 25 ou 50 anos de matrimónio) para reforçar a mesma ideia. Segundo o seu secretariado o Bispo "falou na tentativa de casamentos homossexuais, que não tem nada a ver com a realidade familiar?.

O Cardeal Javier Lozano Barragán, presidente do Conselho Pontifício para a Pastoral da Saúde (!), criticou duramente aqueles que se limitam ao aspecto ?profiláctico? e ainda o conceito de ?saúde reprodutiva?, que considera manipulado ?por organizações de tipo perverso, tanto homossexuais como lésbicas?.

Finalmente no texto "Família e Procriação humana" redigido pelo Conselho Pontifício para a Família é feita uma referência às ?insólitas uniões? entre homossexuais e aos ?ataques violentos? contra a família e o matrimónio tradicional, considerando que os mesmos são um sinal do ?eclipse de Deus?.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e QUATRO.
Depois clique em OK.

© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal