Pesquisa:
 

Sexta-feira, 30 Março 2007 15:57

EUA
Manifestação de 20º Aniversário da Act Up marcada por 27 detenções em Nova York



Quinhentas pessoas marcharam e 27 foram detidas na celebração do 20º aniversário da ACT UP realizado numa demonstração no dia 29 de Março em que se pedia um sistema de apoio à saúde uniforme e um controlo do preço dos medicamentos.


"Não conseguia acreditar no número de pessoas que apareceram," disse o fundador da ACT UP Larry Kramer. "Isto é um arranque extraordinário para a nova ACT UP, com um impacto muito maior que qualquer um de nós esperava ou podia imaginar."

Os activistas marcharam desde o Edifício Federal passando pela Câmara Municipal, a Igreja Trinity, a Bolsa de Nova York, até à escultura do Touro em Carga no Parque Bowling Green, onde 27 pessoas foram detidas quando bloquearam o tráfego num "die in". Entre os levados para custódia estava o fundador da revista POZ, Sean Strub.

Os manifestantes gritam: "No more bullshit, health care for all," "Health care for people, not for profit" e "Same old bullshit, 20 years later.", o que numa tradução para Português livre dá "Não queremos mais merdas, tratamento médico para todos", "Tratamento médico para as pessoas, não para o lucro", "A mesma treta de sempre, 20 anos depois." [uma referência à falta de acção do governo dos EUA nos primeiros casos de VIH/SIDA]

"Este protesto é o arranque de uma campanha por activistas para garantir que o acesso universal aos direitos de saúde sejam um tema da campanha dos candidatos à corrida presidencial de 2008", afirmou a porta-voz Cathy Renna.

Os manifestantes incluiam activistas da ACT UP/Nova York, ACT UP/Filadélfia, African Services Committee, Housing Works, Metro New York Health Care for All Campaign, Physicians for a National Health Plan, Healthcare NOW, e a New York City AIDS Housing Network.

"Foi uma mistura da antiga e da nova ACT UP com a Housing Works e PWAs [people with AIDS/Pessoas com SIDA]," Kramer afirmou numa entrevista.

"Vi antigos amigos que já via há anos e nem sequer sabia se estavam vivos".

"Vamos realizar uma reunião de organização [a 12 de Abril] sobre o que queremos ser e para onde queremos ir ... para tomar decisões importantes sobre como nos organizarmos e escolher as nossas missões."

Uma manifestação de aniversário muito mais reduzida também aconteceu em São Francisco no mesmo dia da marcha de Nova York. Michael Petrelis, co-organizador, disse que cerca de 50 a 75 pessoas marcharam no passeio da Rua 18 com a Rua Castro até um local na Market Stree onde realizaram um "die-in" no passeio. Não houve nenhuma detenção.

Veja as fotos em: www.portugalgay.pt/news/actup_2007/ .

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2007)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas CINCO e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal