MÚSICA: Frank Ocean dedica poema a um namorado (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Segunda-feira, 29 Agosto 2016 14:27

MÚSICA
Frank Ocean dedica poema a um namorado



O novo poema “Boyfriend” de Frank Ocean é muito profundo, político e de leitura obrigatória.


Têm sido uns dias esmagadores para os fãs de Frank Ocean: quatro anos depois do aclamado Channel Orange, a estrela praticamente deixou-os de queixo caído com novos conteúdos em block, incluindo dois álbuns e uma revista. É como diz o velho ditado: esperas anos para um projeto de Frank Ocean, e de repente, Três de uma vez só.

Enquanto o mundo foi ficando viciado nos dois álbuns, o enigmático “Endless” e mais tradicional e o mais incrível “Blond”, uma meia dúzia de fãs teve a sorte de ter nas mãos uma revista promocional: “Boys don’t cry”.

Além da cópia física do álbum Blond, aqueles que fisgaram a edição limitada com a fan zine tiveram direito a várias pérolas incluindo um poema estranhamente maravilhoso sobre McDonalds por Kanye West.

Mas uma das partes mais interessantes do zine é um poema intitulado “Boyfriend”, em que Frank abre-se sobre um relacionamento na exploração mais pública de sua sexualidade desde a revelação em 2012 que um número de músicas no Channel Orange foram inspiradas por um homem.

Fica aqui a tradução livre em Português pelo PortugalGay:

O meu namorado conduz um baldinho

Quando chove ele se enche de àgua

O meu namorado vai-me buscar

não o distraio quando ele está a conduzir

na sua faixa

ele é único


O meu namorado sente a minha falta quando eu vou embora

para que ele não se esqueça de mim

ele costuma cantar uma canção

acalma os seus nervos

o meu namorado é querido

e não queremos confusões


Eu podia dizer que sou feliz

então deixem-me casar com o meu namorado

Eu podia dizer que sou feliz

mas juro que não notei

esperança para morrer não nunca, nós votamos

Eu e meu namorado lançamos a nossa votação

cada beijo lê-se como um poema

fazendo os erros direito como num poema


Eu não posso dizer que sonho contigo

Porque os meus sonhos são cheios de ninguém

E tudo está perdido

Eu e o meu namorado descobrimos

que não esperamos por outros mundos de todo

Eu e o meu namorado passamos o tempo

e isso é tudo que eu preciso

Desta vez

temos permissão

nada está acima da condição

mas esta não é uma via de

é uma missão


Não te podes juntar à banda, mas podes acompanhar a música

Eu e meu namorado vamos andando

Dormir com os fans com t-shirts vestidas

Adormecendo em carrinhas com pernas esparramadas

no meu colo

bronzeado com a marca do relógio

Foste embora para ter espaço

Cortaste o teu cabelo

que o deixaste longo

Adoro olhar fixamente

Não há nada errado

E se morrer, enquanto durmo

Peço a Deus que o meu namorado

mantenha o meu segredo

Paz

 

MÚSICA: Frank Ocean dedica poema a um namorado

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal