Índice
On-Line
Notícias

Sexta-feira, 23 Dezembro 2011 15:09

FRANÇA
Cada vez mais um destino



Tunísia é o sonho de muitos como espaço de lazer e turismo, mas é também daí que muitos LGBT fogem rumo a outros países, rumo à liberdade.


Ashraf, de 24 anos, fugiu da Tunísia em 2007 rumo a França onde se apresentou com um visto de estudante, com destino à cidade de Bordeaux para estudar arquitectura.

Em relato √† revista Tetu ele explica que o objetivo era mesmo fugir ao abandono que foi sujeito pela fam√≠lia quando esta soube da sua orienta√ß√£o sexual, e para salvar a vida, j√° que uma vez sabida a sua orienta√ß√£o j√° havia fugido de ¬ďquatro barbudos¬Ē que queriam ¬ď√† for√ßa¬Ē alterar a sua orienta√ß√£o sexual.

A falta de dinheiro não permitiu que continuasse a estudar, e por isso entrou no mercado do trabalho, precário uma vez que não tem papéis para permanecer no país. E embor

a viva em união de facto com um francês, tem tido dificuldades extremas em registar a mesma,oficializando o que é conhecido como PACS.

A Tunisia é mais um dos país candidatos a entrar na União Eurpeia, um país onde os direitos humanos são uma área nublada do contexto politico e social, e onde os homossexuais masculinos incorrem numa pena de 3 anos ao abrigo da secção 230 do seu código penal.

Por isso Ashraf como outros imigrantes do mundo isl√Ęmico v√™em na Europa, e nomeadamente em Fran√ßa, o destino para a liberdade, o ¬ďhomo Eldorado¬Ē ou o ¬ďMagrebe Gay¬Ē, um sonho que pode facilmente torna-se num pesadelo.

Índice
On-Line
Notícias
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados