Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Segunda-feira, 23 Agosto 2004 00:59

PORTUGAL
Navio-clínica vem a Portugal



O navio-clínica sai esta segunda-feira da cidade portuária de Den Helder com destino a Portugal, a convite, segundo a organização "Woman on Waves", de grupos que defendem a liberdade de escolha da mulher em relação ao aborto. Caso das organizações "Não Te Prives", "Acção Jovem Pela Paz", "Clube Safo" e "UMAR". A organização holandesa luta pela liberdade da mulher poder optar pelo aborto e pelo fim deste tipo de prática de forma clandestina. Até agora a "Women on Waves" já realizou duas acções. A primeira na Irlanda, onde o Aurora, o barco da organização, atracou para workshops de educação sexual e forneceu a pílula do dia seguinte. Durante a segunda acção, a "Women on Waves" navegou até à Polónia, onde forneceu a mulheres polacas a pílula abortiva, navegando até águas internacionais na costa de Wladyslawowo. Agora, a caminho de Portugal, o navio-clínica irá fazer viagens frequentes para águas internacionais onde a lei aplicável é a lei holandesa, e a pílula abortiva pode ser administrada a mulheres portuguesas. A lei holandesa aplica-se a bordo de um barco holandês a partir do momento em que este entra em águas internacionais. Os profissionais a bordo do navio da "Woman and Waves" fornecem a pílula abortiva e garantem o tratamento adequado - o que inclui total confidencialidade sobre o aconselhamento e/ou opção da mulher.


A interrupção da gravidez envolve uma viagem de barco. A mulher que recorre a este tipo de ajuda recebe um comprimido anti-enjôo antes da partida e tem de fazer-se acompanhar de passaporte, informação sobre o seu tipo de sangue, uma muda de roupa e calçado confortável. A viagem até águas internacionais demora cerca de duas horas. Além dos abortos medicamentosos, as "Women on Waves" dão informação e fornecimento de contraceptivos e de contraceptivos de emergência, fazem testes de gravidez e dão aconselhamento. Em Portugal, o aborto só é permitido quando representa risco para a vida da mulher ou para a sua saúde, em caso de malformação fetal ou quando a gravidez resulta de violação. Em países com grande tradição católica, a passagem do navio-clínica holandês tem provocado acesos debates e manifestações. [Mais informações em: www.portugalgay.pt/evento0424.asp ]

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal