Pesquisa:
 

Quinta-feira, 23 Junho 2005 00:59

CANADÁ
Casal de soldados gays casa-se em base militar



Segundo a UOL (Brasil) dois militares canadianos casaram-se no mês passado no que foi considerado o primeiro casamento homossexual realizado numa base militar, informou nesta terça-feira a televisão pública CBC.


Os dois militares casaram-se na base aérea de Greenwood, na província de Nova Escócia, confirmou o capelão da unidade, o tenente David Greenwood. Os militares, um sargento e um oficial, que não tiveram seus nomes divulgados, casaram-se no dia 3 de maio, numa cerimónia acompanhada por 45 pessoas.

Greenwood contou que o casal esperava há muito, muito tempo pelo casamento.

Os militares só puderam concretizar a sua união depois que, em setembro passado, o Tribunal Supremo da Nova Escócia determinou que a proibição de casamentos homossexuais era inconstitucional, uma opinião compartilhada pelos juízes de outras seis províncias do país, nas quais vivem três quartos dos mais de 32 milhões de canadianos.

Greenwood, da Igreja Anglicana, não celebrou o casamento, honra que coube a um ministro da Igreja Unida de um povoado próximo à base militar, mas assistiu ao enlace. O pastor afirmou que um segundo casamento entre militares pode acontecer este ano numa base militar do Québec.

Enquanto no Canadá os militares podem declarar de forma aberta sua orientação sexual, a ponto de se casarem, nos Estados Unidos continua em vigor a política do "don't ask, don't tell" ("não pergunte, não diga"), a partir da qual os homossexuais são tolerados desde que não revelem a sua orientação sexual.

Mas agora, quatro congressistas republicanos uniram-se a 81 colegas democratas para apresentar uma lei que anula esta política e permite soldados assumidamente homossexuais nas Forças Armadas.

Entre os legisladores a favor do fim da política do "don't ask, don't tell" estão os republicanos Wayne Gilchrest e Ileana Ros-Lehtinen.

Gilchrest, que antes apoiava a expulsão de militares gays, afirmou que seu ponto de vista mudou em parte devido à atuação de soldados homossexuais no Vietnã e por causa de seu irmão, que é gay.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2005)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal