Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 23 Janeiro 2007 03:23

QUÉNIA
Desmond Tutu defende homossexuais durante conferência em Nairóbi



O arcebispo sul-africano Desmond Tutu, um dos mais importantes líderes anti-apartheid, pediu em uma conferência em Nairóbi, no Quênia, encerrada no último final de semana que seus colegas religiosos passem a se preocupar com problemas "mais importantes" que o combate à homossexualidade.


"Deus não considera a condenação a clérigos homossexuais mais importante do que a luta contra a Aids na África", declarou Tutu.

"Fico perturbado quando vejo que, diante de problemas horrendos que assolam a África, nós religiosos estejamos nos concentrando em assuntos como quem faz o que com quem na cama", afirmou durante a conferência.

A maioria das igrejas na África é contra o casamento de pessoas do mesmo sexo e a ordenação de mulheres, temas recorrentes nos sermões.

Quando ganhou o Prêmio Nobel da Paz, em 1984, Tutu declarou que o ódio contra gays é tão condenável quanto o racismo. "Penalizar alguém por sua orientação sexual é o mesmo que penalizar alguém por algo que a pessoa nada pode fazer a respeito, como a cor da pele. Ao fazer isso, a Igreja persegue um grupo que já é perseguido", disse na ocasião.

As declarações de Tutu em Nairóbi ocorreram uma semana após a Nigéria aprovar leis condenando qualquer demonstração pública de homossexualidade.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal