Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Sexta-feira, 22 Abril 2011 03:32

ALEMANHA
Líder religioso homofóbico é expulso do país



As autoridades na Alemanha ordenaram a expulsão de visitante islâmico que defende em público que os homossexuais devem ser condenados à morte.


Ameena Abu Bilal Philips é um islâmico radical originário da Jamaica e que vive no Qatar.

Philips defende o uso da pena de morte para a homossexualidade e recebeu ordem de saída do país esta quarta-feira sem possibilidade de retorno.

A ordem foi transmitia antes de uma apresentação pelo islâmico de 60 anos a certa de 2000 pessoas em Frankfurt. Philips tem três dias para acatar a ordem, podendo ser preso se não o fizer.

Segundo a lei alemã podem ser expulsos estrangeiros que "incitem ao ódio contra partes da população" ou defendem o uso da violência contra elas. Num sermão publicado no Youtube Philips pode ser ouvido a defender a pena de morte como um castigo justo no caso de serem comprovados atos homossexuais.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2021 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal