EUA: Estudo acusa Internet (e sexo desprotegido) por aumento de sífilis (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Sexta-feira, 19 Dezembro 2003 00:59

EUA
Estudo acusa Internet (e sexo desprotegido) por aumento de sífilis



O estudo realizado pelo Dr Jeff Klausner, especialista americano em DSTs, aponta a Internet como principal responsável pelo dramático aumento nos casos de Sífilis entre homossexuais nos EUA nos últimos anos.


A facilidade no encontro de parceiros múltiplos proporcionada por sites de encontro e chats seria o principal fator do recrudescimento da doença. Em São Francisco entre 2000 e 2003 a porcentagem de infectados que contraíram o vírus da sífilis em encontros marcados pela rede subiu de 13% para 44%, taxa maior do que bares, saunas e sex clubs. Como o número de casos está aumentando velozmente, Klausner afirma que seria a Internet a causa da explosão dos números. No ano passado foram diagnosticados 2744 casos de sífilis nos EUA e ao que parece o número deve aumentar substancialmente em 2003. Apenas em São Francisco foram 495 casos, desses 434 são gays ou bissexuais. No final da década de 90 esse número não chegava a 50 e a maioria dos casos era de heterossexuais. Esses dados indicam que a prática de sexo sem segurança entre homossexuais está em alta. Em Inglaterra a epidemia parece crescer com velocidade ainda maior: em 2002 foram reportados 52 casos, contra 607 até novembro.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal