Notícias - COREIA DO SUL: General do exército apanha soldados gays em aplicativos (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quarta-feira, 19 Abril 2017 15:23

COREIA DO SUL
General do exército apanha soldados gays em aplicativos



É obrigatório a que todos os homens completem dois anos de serviço militar na Coréia do Sul, cuja lei militar proíbe a homossexualidade


O chefe do exército da Coreia do Sul terá lançado uma investigação secreta para identificar soldados gays no exército.

O Centro Militar de Direitos Humanos para a Coréia (MHRCK) afirmou que o General Jang Jun-kyu autorizou um "processo de rastreio" através de redes sociais e aplicações de encontros.

A investigação resultou em 20 soldados a enfrentar acusações sob as leis militares de anti-homossexualidade. O Centro vem agora pedir a demissão do General.

O General Gen Jang é obviamente incapaz de liderar o exército 

E explicam que tratou os seus homens que fizeram o seu melhor para proteger a sua terra natal como se fossem culpados e lhes fez passar por uma "situação terrível: perder a dignidade pessoal".

O exército confirmou que "estava a punir soldados em serviço que têm relações homossexuais com outros soldados". Mas negou que Jang tenha ordenado uma investigação abrangente. E explicam que a investigação começou quando um soldado enviou um video de si próprio a ter relações sexuais com outro soldado nas redes sociais.

Repressão da homossexualidade é herança ocidental

Na Coreia do Sul é obrigatório que todos os homens completem o serviço militar. Dado o seu papel de defender o país da Coreia do Norte, os militares são uma instituição poderosa no país. O país importou a sua lei militar dos países ocidentais, inclusive a proibição de gays que sirvam nas forças armadas. No entanto, a maioria dos países ocidentais agora permitem que as pessoas LGBTI sirvam. A atividade homossexual constitui "crime de assédio sexual" sob o acto criminoso militar do país.

Embora a homossexualidade não seja ilegal na Coréia do Sul, as questões LGBT+ continuam a ser um tabu.

COREIA DO SUL: General do exército apanha soldados gays em aplicativos

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e QUATRO.
Depois clique em OK.

© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal