Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Segunda-feira, 18 Março 2013 23:56

EUA
Hillary Clinton defende igualdade no casamento



Hillary Clinton expressou o seu apoio à alteração da lei do casamento tornando-a acessível a pessoas do mesmo sexo.


Tal como Obama, Hillary tem vindo a alterar o seu discurso ao longo do tempo e por isso a revelação do seu apoio esta segunda não foi inusitado, mas sim também o reflexo de muitas pressões por parte das associações de defesa dos direitos LGBT. E mudou muito!

Quando concorria ao Senado em 1999 disse a um grupo de contribuintes LGBT que achava que a lei ?Don?t ask, don?t tell? não funcionava.

Em 2000 demonstrou uma posição conservadora afirmando que o casamento tinha um conteúdo histórico, religioso e moral, e por isso defendia que o casamento devia continuar entre um homem e uma mulher, ao mesmo tempo apoiou que os benefícios de parceria dos casais do mesmo sexo.

Já em 2006 apresenta uma nova postura, apoiando que cada estado deve tomar as rédeas do assunto aprovando ou não o acesso ao casamento por pessoas do mesmo sexo. Em defesa desta mudança de postura Hillary diz que o que a fez mudar foram longas conversas com amigos, (desconhecemos a orientação sexual e politica dos mesmos).

No preenchimento de um questionário sobre Direitos Humanos em Junho de 2007, Hillary pedia que fosse revogada a disposição DOMA, que proíbe o reconhecimento federal dos casamentos do mesmo sexo.

Em Agosto do mesmo ano dá um passo atrás reafirmando a sua posição inicial sobre o casamento, mas tal como em 2000 acha que a Uniões Civis devem ter os mesmos benefícios dos casamentos heterossexuais.

Em 2011 no mês de Junho mais concretamente, altura em que o estado de New York aprova o casamento entre pessoas do mesmo sexo, Hillary ?aplaude? o resultado final da votação dizendo ?eu sempre acreditei que íamos fazer progressos porque estávamos do lado da justiça e da igualdade?

Em Dezembro do mesmo ano no seu discurso em Genebra por ocasião do Dia Internacional dos Direitos Humanos diz ? os direitos dos homossexuais são direitos humanos, e os direitos humanos são os direitos dos homossexuais, não importa como nos apresentamos, de onde vimos, ou quem somos, todos nós temos igualmente o direito aos nossos direitos humanos e é nossa dignidade?.

Esta segunda-feira deu um passo em frente e fez uma declaração clara e directa para a associação LGBT "Human Rights Campaign". No vídeo além de contar as dificuldades que teve em explicar a situação em Genebra sobre as razões para afirmar que direitos LGBT são direitos humanos, também explica que andou pelo mundo durante os quatro anos que esteve ao serviço dos EUA. E agora que terminou essa fase defende que é necessário trabalhar nos EUA e que defende o casamento entre pessoas do mesmo sexo como "uma questão pessoal e uma questão legal", como parte de um movimento de igualdade de direitos para os LGBT e a população em geral. A mensagem também fala directamente sobre a questão de fé, Deus e religião, defendendo que a questão está de acordo com a sua visão das questões de fé mas que compreende que é preciso trabalhar para encontrar um "campo comum" para todos.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal