CHINA: Weibo volta atrás em decisão de cortar conteúdos LGBT (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 17 Abril 2018 17:08

CHINA
Weibo volta atrás em decisão de cortar conteúdos LGBT



A popular rede social mudou de política depois de protestos em larga escala dos utilizadores


Na semana passada o site de micro-blogging Weibo divulgou o seu plano de remover conteúdos LGBT da plataforma, que classificou como "ilegais". A reação dos utilizadores não se fez esperar e a empresa ajustou o seu rumo para "um ambiente comunitário brilhante e harmonioso" e vai focar os seus esforços em remover conteúdo pornográfico, violento e similares, mas promete não incomodar gays e lésbicas.

É um passo importante para os LGBTs da China, onde as autoridades têm mostrado alguma ambiguidade relativamente às questões Queer: por um lado deixou de haver uma perseguição oficial com base na orientação sexual e identidade de género, mas por outro ainda não há políticas de promoção da tolerância pela diferença numa sociedade fortemente conservadora.

CHINA: Weibo volta atrás em decisão de cortar conteúdos LGBT

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e QUATRO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal