Índice
On-Line
Notícias

Domingo, 16 Dezembro 2012 12:17

REINO UNIDO
Hawking apoia limpeza de cadastro de inventor gay



Stephen Hawking e outros cientistas eminentes pediram esta semana ao governo britânico que limpasse o cadastro do pioneiro da computação Alan Turing, que ajudou na vitória da Segunda Guerra Mundial, mas foi posteriormente condenado por homossexualidade.


Numa carta publicada no jornal Daily Telegraph, Hawking e outras 10 pessoas pediram ao primeiro-ministro David Cameron, que "perdoasse formalmente" o herói ícone britânico.

Turing morreu de envenenamento por cianeto em 1954. Dois anos antes foi condenado por atentado ao pudor e sido submetido a tratamentos hormonais em alternativa à prisão.

Turing foi um pioneiro na programação de computadores como os conhecemos hoje em dia e uma peça fundamental na derrota do movimento Nazi na segunda grande guerra.

A carta descreve Turing como "um dos mais brilhantes matemáticos da era moderna", e recorda a sua "façanha extraordinária" de ter descodificado a máquina Enigma alemã.

O governo britânico já tinha emitido em 2009 um pedido de desculpas, mas Turing continua como condenado. Este ano o governo aprovou legislação que permite remover do cadastro as condenações aplicadas sob a lei que esteve em vigor até 1967 no Reino Unido. Aguarda-se uma tomada de posição por parte do governo britânico.

Índice
On-Line
Notícias
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados