Pesquisa:
 

Quarta-feira, 16 Março 2005 00:59

ISRAEL
Gays vítimas do regime nazi ganham novo memorial



Um novo memorial de Israel apresenta uma exposição dedicada a gays e lésbicas que foram vítimas do Holocausto.


O Museu de Yad Vashem abriu oficialmente as portas nesta terça-feira, 15/3, em Jerusalém. A homenagem a homossexuais não estava nos planos originais. Há alguns meses quando o museu ainda estava em construção, Sa´ar Netanel, membro da Prefeitura de Jerusalém, visitou a construção do museu que homenageia os 10 milhões de judeus mortos pelos nazistas. Netanel afirmou na ocasião que ficou surpreso ao ver que o museu não mencionava gays e lésbicas e comunicou o fato ao diretor. “O povo judeu tem a obrigação moral de relembrar todas as vítimas da Segunda Guerra Mundial”, disse Netanel. “O Estado de Israel deve ser o primeiro país no mundo a mencionar todas as vítimas”, disse. Na Itália, na Alemanha e em São Francisco, nos Estados Unidos, já há monumentos que homenageiam homossexuais vítimas do nazismo. Estima-se que de 5 a 15 mil gays foram presos em campos de concentração durante a 2ª Guerra Mundial, muitos dos quais foram mortos em câmaras de gás.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2005)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal