Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Segunda-feira, 13 Outubro 2014 19:12

SANTA SÉ
Documento prévio mostra abertura inédita para casais de gays e lésbicas



O documento foi apresentado pelo Sínodo Extraordinário dos Bispos considera que há "problemas morais" mas aceita que há benefícios nas uniões entre pessoas do mesmo sexo.


O documento preliminar divulgado hoje pelo Sínodo Extraordinário dos Bispos diz que as pessoas LGBT têm "dons e talentos para oferecer à comunidade cristã", e, pela primeira vez, refere-se a casais LGBT como "parceiros", em vez de utilizar termos similares a pecadores.

Chad Griffin, presidente da Human Rights Campaing emitiu a seguinte declaração:

"Para os católicos LGBT nos Estados Unidos e ao redor do mundo, este novo documento é uma luz na escuridão, um novo tom dramático a partir de uma hierarquia da Igreja que há muito tempo negou a existência de parcerias homossexuais comprometido e dedicadas". 

O documento, lido hoje na reunião, esclarece que a Igreja Católica não vê as uniões gays em "pé de igualdade com o matrimónio entre um homem e uma mulher.", mas admite que "sem negar os problemas morais relacionados às uniões homossexuais deve-se notar que há casos em que a ajuda mútua, a ponto de sacrifício, constitui um apoio precioso na vida dos parceiros".

Desde 2008, mais de 40 casos de funcionários LGBT foram demitidos nos EUA em instituições católicas devido à sua orientação sexual ou identidade de género.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas SETE e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2022 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Queer Lisboa | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal