Pesquisa:
 

Quarta-feira, 12 Agosto 2015 14:53

PORTUGAL
Encerramento do QueerLisboa19 com cinema britânico com um toque mexicano



O festival já divulgou o filme selecionado para fazer o encerramento da 19ª edição de Lisboa, em Setembro.


Eisenstein in Guanajuato, realizado pelo cineasta britânico Peter Greenaway, foi o título escolhido para a Sessão de Encerramento do Queer Lisboa 19, em estreia nacional. Estreada mundialmente na 65.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim, a longa-metragem tem como protagonista o cineasta russo Sergei Eisenstein (1898-1948), autor de algumas das obras mais marcantes e influentes da sétima arte do século XX, como o Couraçado Potemkin (1925) ou Ivan, O Terrível (1944, 1958).

Focando-se no período fascinante, mas igualmente turbulento, que o realizador viveu no México, fase da qual resultou o filme póstumo Que Viva México (1979), Eisenstein in Guanajuato dá conta da relação que o realizador terá então mantido com o guia turístico Jorge Palomino y Cañedo.

Este controverso biopic sobre o visionário cineasta russo passa na sala Manoel de Oliveira, no Cinema São Jorge, no dia 26 de setembro, às 21h30.

Queer Art passa a secção competitiva

Uma das novidades do Queer Lisboa 19 é a passagem do Queer Art a secção competitiva, numa parceria com a Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, patrocinadora do prémio monetário no valor de 1.000€, atribuído ao realizador do melhor filme. Marc Siegel, Professor Assistente em Estudos de Cinema na Universidade Goethe de Frankfurt, integra o júri desta secção, juntamente com o artista e curador Justin Jaeckle e a realizadora portuguesa Susana de Sousa Dias.

Os filmes em competição são: Batguano, de Tavinho Teixeira; Cancelled Faces, de Lior Shamriz; Me Quedo Contigo, de Artemio; Nova Dubai, de Gustavo Vinagre; Pauline S'Arrache, de Émilie Brisavoine; Sueñan los Androides, de Ion de Sosa; Tots Els Camins de Déu, de Gemma Ferraté; e Videofilia (Y Otros Síndromes Virales), de Juan Daniel F. Molero.

Workshops

Esta 19.ª edição do Queer Lisboa vai ainda proporcionar aos espectadores uma nova vertente formativa, com a realização de dois workshops. Marc Siegel, cuja investigação incide nos estudos queer e no cinema de vanguarda do pós-guerra, vai dar um workshop intitulado How Do I Look (Now)?. Por sua vez, Gustavo Vinagre, realizador e argumentista brasileiro, vai dar o workshop "Ver ou não ver, eis a questão".

Mais informações em www.queerlisboa.pt .

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2015)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal