Pesquisa:
 

Sexta-feira, 12 Junho 2015 12:14

MARROCOS
Ministério da saúde apela a descriminalização da homossexualidade



Segundo um estudo realizado em 2013 a infeção por VIH e outras doenças sexualmente transmissíveis tem maior prevalência na comunidade LGBTI marroquina.


Posto isto o Ministério da Saúde marroquino apelou à descriminalização das relações entre pessoas do mesmo sexo como forma de apoiar a luta contra a infeção pelo VIH. Este apelo do Ministério conta com o apoio do ministro da saúde El Houssaine Louardi.

Mas Marrocos não é o lugar mais "friendly": no dia 2 de Junho duas ativistas terão dado um beijo no espaço de uma antiga mesquita, e por isso foram expulsas do país. Já em Maio três homens marroquinos foram acusados e sentenciados a três anos de cadeia com base naquilo que foi identificado como “um ato desviante com pessoa do mesmo sexo”.

A Human Rights Watch endereçou um apelo a Marrocos no sentido de este descriminalizar a homossexualidade dizendo que “criminalizar a conduta homossexual consensual, adulta viola o direito internacional dos direitos humanos”. A homossexualidade é ainda ilegal na maioria dos países árabes do Oriente Médio e norte de África, com as notáveis excepções de ser legalmente tolerada na Jordânia e Bahrein.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2015)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal