Índice
On-Line
Notícias

Domingo, 11 Dezembro 2011 23:56

REINO UNIDO
F√£s de futebol acham que jogadores devem sentir-se livres para serem gays



Os apoiantes do futebol acusam os clubes e agentes de forçarem os jogadores a manter o silêncio sobre a sua sexualidade.


Uma nova pesquisa feita pela Universidade de Staffordshire apresenta uma nova imagem sobre a forma como os fãs do futebol vêem os jogadores abertamente homossexuais.

Mais de 90 por cento dos f√£s aprovariam um jogador gay e dizem que n√£o h√° lugar para a homofobia no futebol. Apesar do apoio esmagador, muitos f√£s tamb√©m relataram situa√ß√Ķes de homofobia mais como uma quest√£o de bem-humorada brincadeira.

A pesquisa incluiu 3.500 fãs, dois quais 40 por cento referiram clubes e agentes como os principais obstáculos aos jogadores homossexuais poderem revelar publicamente a sua orientação sexual.

Quem n√£o gostou das conclus√Ķes foi o presidente da Associa√ß√£o de Agentes de Futebol que considerou "um total absurdo" a ideia de que os agentes desportivos pudessem fazer press√£o sobre um cliente para confirmar ou negar a sua orienta√ß√£o sexual.

Paul Miller da Associação Internacional Gay e Lésbica de Futebol reafirmou que tem conhecimento de jogadores gays e bissexuais que são aconselhados a manter em segredo a sua sexualidade pelos agentes por temerem o efeito que tal revelação teria sobre a sua "negociabilidade" no mercado de transferências.

Na hist√≥ria do futebol brit√Ęnico profissional h√° apenas registo de um jogador abertamente homossexual, Justin Fashanu. Foi h√° mais de 20 anos atr√°s, e suicidou-se em 1998, e os preconceitos sobre a sua sexualidade e tamb√©m o facto de ser negro foram citados no inqu√©rito sobre sua morte.

Índice
On-Line
Notícias
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados