EUA: Legislador de "casamento tradicional" renuncia após acusação de ter contratado prostituta (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Domingo, 11 Fevereiro 2018 17:41

EUA
Legislador de "casamento tradicional" renuncia após acusação de ter contratado prostituta



Um legislador republicano de "valores tradicionais" do Utah, que é casado com três filhos, renunciou ao cargo depois de ter sido acusado de contratar serviços de prostituição.


O legislador republicano Jon Stanard, foi eleito para a Câmara dos Representantes do Utah em 2012 e abandonou o cargo inesperadamente no início desta semana citando "preocupações pessoais e familiares imediatas".

Jon Stanard, que tem três filhos com sua esposa, tinha declarado no seu site oficial (entretanto apagado):

Sou um forte defensor dos valores familiares conservadores. Sou a favor do casamento tradicional.
A coisa mais importante na vida de Jon é a sua família. Ele gosta de passar o tempo com sua esposa e três filhos sempre que possível.
 Site oficial

O legislador também defendeu os "valores tradicionais" para evitar que os homossexuais possam casar-se legalmente, e recentemente foi um dos legisladores que votou a favor de leis mais restritivas contra a prostituição no estado do Utah que foram aprovadas em 2017.

E agora o jornal Daily Mail publicou um artigo alegando que o legislador contratou uma trabalhadora do sexo em pelo menos duas ocasiões, pagando 250 USD (Cerca de 200 EUR) por cada sessão de uma hora que inclui sexo oral e vaginal. A acusação é corroborada pelas mensagens de texto trocadas com a mulher que realizou o trabalho e com as declarações da mesma ao jornal. As alegações não foram negadas publicamente pelo legislador.

A situação ainda é mais complicada para o ex-representante visto que o quarto onde os serviços teriam sido prestados terá sido pago com fundos públicos ou da campanha, tal como o telefone utilizado para combinar os encontros. Segundo a lei do Utah esses fundos não podem ser usados para fins pessoais.

O Partido Republicano em Utah é fortemente dominado pela Igreja Mórmon anti-LGBT. A Igreja tem uma política de repressão activa das pessoas e visões distorcidas da orientação sexual. Recentemente um guia confidencial da Igreja Mórmon sobre homossexualidade veio a público com alegações de ser gay seria causada por muita masturbação na adolescência, abuso sexual infantil, "fundo familiar perturbado" e mães com falta de afecto.

EUA: Legislador de "casamento tradicional" renuncia após acusação de ter contratado prostituta

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal