Pesquisa:
 

Domingo, 9 Janeiro 2005 00:59

SANTA SÉ
Igreja Católica deu instruções para separar crianças baptizadas



das famílias judaicas


Um documento de 23 de Outubro de 1946 veio reafirmar o que muitos já dizia:

a Igreja Católica tomou diversas posições eticamente e moralmente

deploráveis durante a 2ª Guerra Mundial. O documento apresenta instruções da

Igreja Católica de como devem ser tratadas as crianças após o final da

guerra. Em particular as "crianças que tenham sido baptizadas não devem ser

entregues a entidades que não possam garantir a sua educação cristã", e que

as crianças que tenham familiares judeus vivos devem ser devolvidas às

famílias "desde que as crianças não tenham sido baptizadas" e as que estejam

orfãs "não devem ser abandonadas pela Igreja" mesmo quer não tenham sido

baptizadas. Diversos religiosos judeus já manifestaram a sua indignação pela

forma como a Igreja Católica de então ignorou o sofrimento de milhões de

pessoas na Europa e dos judeus em particular.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2005)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas CINCO e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal