EUA: Maine perde a igualdade no Casamento (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quarta-feira, 4 Novembro 2009 11:12

EUA
Maine perde a igualdade no Casamento



Os eleitores o Maine vetaram a lei de igualdade no casamento que foi aprovada pelo poder legislativo.


Gay e lésbicas perderam o direito ao casamento no Maine na votação de 3 de Novembro. Um referendo rejeitou a lei que tinha sido aprovada pelo legisladores do estado e assinada pelo governador. A lei não entrou em vigor enquanto se esperava pelo resultado do referendo.

Com 87% das assembleias de voto escrutinadas, os votantes retiraram o casamento civil a gays e lésbicas por uma margem de 53% contra 47%. Neste momento o total de votos é 266324 contra 238595.

"Hoje, centenas de milhares de votantes do Maine defenderam a igualdade, mas no final, não foi suficiente", disse o gerente da campanha Protect Main Equality, Jesse Conolly (na foto). "Tenho orgulho nos milhares de Mainers que foram de porta em porta, fizeram contactos telefónicos e falaram com as suas famílias, amigos e vizinhos sobre o princípio básico de tratar as famílias do Maine equalitariamente. E tenho orgulho nesta campanha porque as histórias que contamos e as imagens que partilhamos eram de pessoas reais - pais que defenderam as suas crianças, ou casais que simplesmente queriam estar casados com a pessoa que amavam."

"Estamos nisto a longo prazo", desse. "Na próxima semana, no próximo mês, e no próximo ano - até que todas as famílias do Maine sejam tratadas com igualdaed. Porque afinal, isto foi sempre sobre amor e família, e isto é algo que vale a pena lutar sempre."

A campanha estudou e aprendeu com a campanha do referendo falhado na Califórnia em Novembro do ano passado. Na Califórnia não apareceram gays e lésbicas nos anúncios televisivos, no Maine sim. Na Califórnia demorou-se muito tempo a responder aos anúncios de "pânico" dos oponentes da igualdade, no Maine a resposta foi imediata a todos eles.

A única coisa que a campanha do Maine não fez foi anúncios alarmistas ou negativos. Alguns observadores defendem que a campanha devia ter tentado essa opção, mas nunca houve um consenso alargado para mudar a campanha nessa direcção. Na opinião dos estrategas da campanha chamar os opositores de "preconceituosos" iria alienar alguns dos votantes mais liberais que se opunham ao veto do casamento entre pessoas do mesmo sexo baseado em questões de filosofia política mais do que num sentimento anti-gay.

Publicidade na TV focada no tema de igualdade para todas as famílias do Maine

Os opositores repetiram vezes sem conta que legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo iriam mudar a forma como as crianças eram educadas nas escolas do Maine. A campanha contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo também teve um anúncio alegando que a lei de parceria doméstica do estado, que não cobre todos os direitos e obrigações estaduais do casamento, já disponibilizava igualdade suficiente a casais do mesmo sexo.

O casamento para gays e lésbicas venceu nas cidades de Portland (73%), South Portland (64%) e Bangor (54%), e em lugares como Kennebunkport (61%) e Bar Harbor (73%). Perdeu nas cidade de Lewiston (40%) and Augusta (47%).

EUA: Maine perde a igualdade no Casamento

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2019 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas CINCO e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2019 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal