Pesquisa:
 

Quarta-feira, 1 Abril 2015 10:21

JAMAICA
Primeira Ministra diz que os gays são "respeitados"



Portia Simpson-Miller, primeira-ministra da Jamaica diz que os direitos LGBT são defendidos no país, mesmo depois de 3 anos no governo sem avançar com uma lei nesse sentido.


Manifestantes reuniram-se em Nova Iorque para exigirem que o governo jamaicano faça mais para impedir os homicídios das pessoas gays, bi e trans.

Dirigindo-se à audiência, Simpson-Miller afirmou que nunca nenhum gay foi agredido pelo governo da Jamaica, e que não iria tolerar todos que dizem mentiras sobre o tratamento dos gays na Jamaica. "Jamaica respeita os direitos humanos de todos os cidadãos, incluindo os gays. A Jamaica vai continuar a brilhar a nível internacional, ninguém nos pode impedir."

Em 2011, antes de se tornar primeira-ministra, Portia Simpson-Miller prometeu proceder com a descriminalização da homossexualidade. No entanto em 2014, o Governo ainda não tinha consultado a opinião pública.

Já Dwayne Brown, um ativista LGBT jamaicano atualmente a viver em Nova Iorque afirmou que alguém pode matar uma pessoa LGBT na Jamaica e não ser acusado de nada. Em declarações ao Gay Star News afirmou "É altura de terminar a perseguição das pessoas LGBT. O silêncio do nosso governo, o silêncio dos nossos políticos, o silêncio da nossa comunidade permite que este comportamento continue. Até que o silêncio seja quebrado, irão continuar a existir mortes como resultado destes ataques homofóbicos."

Marcadores/Tags:

#jamaica #gay #trans ano 2015

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2015)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas SETE e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal