Imprensa - Homossexuais: há dois pesos e duas medidas para manifs (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 
Parceiro PortugalGay

  

Homossexuais: há dois pesos e duas medidas para manifs

IOL Diário - 16-09-2005 - 16:38h


Homossexuais: há dois pesos e duas medidas para manifs


por Redacção
URL: http://diario.iol.pt/noticia.html?id=583817&div_id=4071

Organização PortugalGay lamenta que Governo Civil de Lisboa tenha autorizado uma manifestação contra os homossexuais na mesma semana em que impediu militares de protestarem

A organização PortugalGay lamentou hoje que o Governo Civil de Lisboa tenha autorizado uma manifestação de extrema-direita contra os homossexuais, na mesma semana em que impediu os militares de protestarem publicamente pela perda de direitos. "Na mesma semana em que os militares portugueses são impedidos de manifestar, de forma pacífica, o seu descontentamento pela perda de direitos adquiridos, outros cidadãos, com cadastro por homicídio, com base no racismo e xenofobia, são autorizados a manifestar-se na via pública, com o intuito único de promoverem o ódio e divulgarem a mentira", afirma a PortugalGay, em comunicado.

O Governo Civil de Lisboa autorizou a manifestação marcada para sábado pelo Partido Nacional Renovador (PNR, de extrema-direita) para protestar "contra a adopção de crianças por casais homossexuais, a pedofilia e o lóbi gay".

Segundo a PortugalGay, organização sedeada no Porto, responsável por um "site" dirigido à comunidade homossexual portuguesa, o pedido para a manifestação foi solicitada ao Governo Civil por um cidadão que afirma ter sido condenado a quatro anos de prisão por homicídio do cabo-verdiano Alcino Monteiro.

Na sequência da autorização concedida pelo Governo Civil de Lisboa, várias associações de defesa dos direitos dos homossexuais anunciaram a entrega de um abaixo-assinado aos principais órgãos de soberania para impedir a iniciativa.

Numa carta às mesmas entidades, a que a Lusa teve acesso, a PortugalGay refere que convocatória para a manifestação, divulgada no "site" do PNR na Internet , "é um claro abuso de tudo que uma democracia deveria ser", desde logo porque faz a "associação criminosa" dos gays à pedofilia.

"Uma pessoa abusadora de menores pode ter qualquer orientação sexual, mas, ao contrário do que os organizadores desta manifestação querem fazer entender, na realidade o perfil típico de um abusador de menores em Portugal é o de um homem heterossexual que convive com a criança no seio familiar", afirma a PortugalGay, em cartas ao Presidente da República, Governo, Assembleia da República, Governo Civil de Lisboa e Comando Nacional da PSP.

 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal