Recortes de Imprensa - Transexual assassinada no Porto. (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Festas Populares: São João
 
Parceiro PortugalGay

  


Recortes de Imprensa - Transexual assassinada no Porto.




Qui, 23 Fev | Sex, 24 Fev | Sáb, 25 Fev | Dom, 26 Fev | Seg, 27 Fev | Ter, 28 Fev | Qui, 2 Mar | Sex, 3 Mar | Dom, 5 Mar | Qui, 9 Mar | Sex, 10 Mar | Dom, 12 Mar | Seg, 20 Mar | Sex, 14 Abr | Qui, 4 Mai | Sex, 5 Mai | Sáb, 6 Mai | Seg, 8 Mai | Sáb, 27 Mai | Ter, 30 Mai | Qua, 31 Mai | Qui, 1 Jun | Sex, 9 Jun | Sáb, 10 Jun | Seg, 12 Jun | Qua, 15 Jun | Qui, 16 Jun | Qua, 21 Jun | Qui, 22 Jun | Seg, 3 Jul | Ter, 4 Jul | Qua, 5 Jul | Qui, 6 Jul | Sáb, 8 Jul | Seg, 10 Jul | Ter, 11 Jul | Qua, 12 Jul | Qui, 13 Jul | Sex, 14 Jul | Sáb, 15 Jul | Seg, 24 Jul | Ter, 25 Jul | Qua, 27 Jul | Ter, 1 Ago | Qua, 2 Ago | Ter, 3 Ago | Qua, 4 Ago
Quarta, 21 de Junho de 2006

Correio da Manhã
Quarta, 21 de Junho 2006

http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=205962&idselect=10&idCanal=10&p=200

Caso Gisberta: Julgamento à porta fechada

O Conselho Superior de Magistratura (CSM) anunciou esta quarta-feira, que o julgamento do caso da morte do transexual Gisberta no Porto, envolvendo menores, vai ser realizado à porta fechada conforme pedido por um juiz titular do processo.

Segundo o CSM, o julgamento com inicio marcado para o dia 3 de Julho irá decorrer à porta fechada por decisão do tribunal, que depois do Ministério Público ouvir os advogados dos menores, considerou que a presença do público e da imprensa pode “afectar os menores durante os seus depoimentos”, bem como a veracidade da prova.

Apesar da decisão judicial e devido ao interesse dos media neste processo, o CSM anunciou que o tribunal informará os jornalistas “sobre a forma como decorreu cada sessão” mas sem prejudicar os jovens. Referiu ainda que a “leitura da decisão é sempre pública” e que o acesso aos autos é um caso a ser estudado.


Portugal Diário
Quarta, 21 de Junho 2006

http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=698438&div_id=291

Transsexual: julgamento à porta fechada

Para não afectar depoimento dos menores no caso Gisberta

O julgamento do caso Gisberta, relacionado com a morte de um transexual no Porto e envolvendo menores, vai realizar-se à porta fechada a pedido do juiz titular do processo, divulgou hoje o Conselho Superior da Magistratura (CSM).

Um comunicado do CSM refere que as sessões do julgamento, com início a 03 de Julho, no Tribunal de Família e Menores do Porto, «irão decorrer com exclusão da publicidade», por decisão do tribunal que entendeu que a presença de público e de jornalistas seria «susceptível de afectar o equilíbrio psíquico e psicológico dos menores aquando dos seus depoimentos», bem como «a genuinidade na obtenção da prova».

A decisão daquele tribunal foi tomada após audição do Ministério Público (MP) e dos advogados dos menores alegadamente envolvidos na morte de um sem-abrigo brasileiro, que era transexual.

Apesar de as sessões de julgamento decorrerem à porta fechada, «a leitura da decisão é sempre pública», adianta o CSM, invocando um artigo da Lei Tutelar Educativa (LTE).

Atendendo ao interesse dos media neste processo, o tribunal - «sem prejuízo da necessária preservação da identidade dos menores» - fará chagar aos profissionais da comunicação social «informação sobre a forma como decorreu cada sessão de julgamento», refere o CSM.

«Relativamente aos acessos aos autos, o mesmo dependerá de análise pontual, por parte do tribunal, de cada pedido de consulta que vier a ser apresentado e que terá em todo o caso de respeitar de forma rigorosa» a legislação constante no Código de Processo Penal e na LTE.

O CSM - órgão de gestão, disciplina e administração dos juízes - assumiu divulgar estas informações que o Tribunal de Família e Menores do Porto considerou «relevantes para a opinião pública» sobre o desenrolar do processo.

A transexual Gisberta Salce Júnior morreu, em Fevereiro, na sequência de várias agressões cometidas por 14 jovens, com idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos. A vítima foi encontrada num poço de um edifício inacabado no Porto.

O relatório da autópsia apontou o afogamento como a causa de morte do sem-abrigo e transexual.

Dos 14 jovens alegadamente implicados, 12 estavam entregues às Oficinas de São José e ao Centro Juvenil da Campanhã.


Qui, 23 Fev | Sex, 24 Fev | Sáb, 25 Fev | Dom, 26 Fev | Seg, 27 Fev | Ter, 28 Fev | Qui, 2 Mar | Sex, 3 Mar | Dom, 5 Mar | Qui, 9 Mar | Sex, 10 Mar | Dom, 12 Mar | Seg, 20 Mar | Sex, 14 Abr | Qui, 4 Mai | Sex, 5 Mai | Sáb, 6 Mai | Seg, 8 Mai | Sáb, 27 Mai | Ter, 30 Mai | Qua, 31 Mai | Qui, 1 Jun | Sex, 9 Jun | Sáb, 10 Jun | Seg, 12 Jun | Qua, 15 Jun | Qui, 16 Jun | Qua, 21 Jun | Qui, 22 Jun | Seg, 3 Jul | Ter, 4 Jul | Qua, 5 Jul | Qui, 6 Jul | Sáb, 8 Jul | Seg, 10 Jul | Ter, 11 Jul | Qua, 12 Jul | Qui, 13 Jul | Sex, 14 Jul | Sáb, 15 Jul | Seg, 24 Jul | Ter, 25 Jul | Qua, 27 Jul | Ter, 1 Ago | Qua, 2 Ago | Ter, 3 Ago | Qua, 4 Ago
ver também:
Pedido de Acção
Comunicados de Imprensa



 
© 1996-2019 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2019 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal