Recortes de Imprensa - Transexual assassinada no Porto. (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Dia da Liberdade
 
Parceiro PortugalGay

  


Recortes de Imprensa - Transexual assassinada no Porto.




Qui, 23 Fev | Sex, 24 Fev | Sáb, 25 Fev | Dom, 26 Fev | Seg, 27 Fev | Ter, 28 Fev | Qui, 2 Mar | Sex, 3 Mar | Dom, 5 Mar | Qui, 9 Mar | Sex, 10 Mar | Dom, 12 Mar | Seg, 20 Mar | Sex, 14 Abr | Qui, 4 Mai | Sex, 5 Mai | Sáb, 6 Mai | Seg, 8 Mai | Sáb, 27 Mai | Ter, 30 Mai | Qua, 31 Mai | Qui, 1 Jun | Sex, 9 Jun | Sáb, 10 Jun | Seg, 12 Jun | Qua, 15 Jun | Qui, 16 Jun | Qua, 21 Jun | Qui, 22 Jun | Seg, 3 Jul | Ter, 4 Jul | Qua, 5 Jul | Qui, 6 Jul | Sáb, 8 Jul | Seg, 10 Jul | Ter, 11 Jul | Qua, 12 Jul | Qui, 13 Jul | Sex, 14 Jul | Sáb, 15 Jul | Seg, 24 Jul | Ter, 25 Jul | Qua, 27 Jul | Ter, 1 Ago | Qua, 2 Ago | Ter, 3 Ago | Qua, 4 Ago
Sábado, 10 de Junho de 2006

Jornal Público
Sábado, 10 de Junho 2006

http://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=06&d=10&uid=&id=83509&sid=9079

Documentário sobre Gisberta exibido no Porto

por Ana Cristina Pereira

Activistas tentam mostrar transfobia da sociedade portuguesa, numa tentativa de impulsionar uma mudança

A Academia Contemporânea do Espectáculo, no Porto, abriu anteontem à noite as portas para a exibição de Gisberta Liberdade, um documentário realizado por activistas da European Transgender Network (federação de transgéneros de toda a Europa). Um modo de marcar o “dia internacional de luta contra a transfobia em Portugal”.

Gisberta era transexual, sem-abrigo, toxicodependente, imigrante, prostituta, seropositiva e tuberculosa. Foi morta em Fevereiro deste ano, no Porto. Um grupo de jovens é suspeito do crime. Sérgio Vitorino, do Movimento Parentas Rosa, avisou: o documentário, que a homenageia, é obra de activistas sem qualquer experiência de produção e realização audiovisual. Foi feito com um orçamento doméstico, sem qualquer pretensão artística, com muita vontade de mudar o mundo.

O que se seguiu – após uma interessante curta-metragem de fabrico caseiro em que um transexual expunha o seu processo de mudança – foi mais de uma hora de depoimentos cruzados com imagens que, sobretudo, ambicionavam ser metáfora. Os entrevistados não somavam mais do que uma dúzia, deixando sentir a necessidade de encurtar os seus discursos e introduzir outras vozes.

Muitas críticas

Há uma dura crítica aos media. A mesma das vigílias: o terem revelado “desconhecer” a diferença entre travesti e transexual, entre homofobia e transfobia, entre orientação sexual e identidade de género. Alguns activistas GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgéneros) referem até “cobertura enganosa”.

A Igreja católica, responsável pela instituição onde estavam internados muitos dos menores acusados de terem assassinado Gisberta, é acusada de ter “lavado as mãos”. Espaço ainda para atacar o poder judicial e político, mas também para um mea culpa das associações GLBT.

O que sobressai do documentário é a noção de que o somatório de exclusão atingido por Gisberta Salce Júnior espelha a marginalização a que os transexuais (sobretudo os masculinos-femininos) são votados em Portugal: toda a sociedade discrimina. Enfrentam dificuldades de acesso ao sistema nacional de saúde, ao mercado de trabalho, a actos tão corriqueiros como abrir uma conta bancária.

O dia de ontem, como explicou Sérgio Vitorino, encerrava uma extensa lista reivindicativa, nomeadamente “protecção na legislação penal face a crimes de ódio motivados pela transfobia” e o “total reconhecimento de género, incluindo o direito a escolher livremente os primeiros nomes”. No fundo, uma lei de género como a espanhola.

Houve debate. Rute Bianca ficou emocionada: “Obrigada por estarem a fazer isto por nós. Vocês são os nossos braços, as nossas pernas, os nossos olhos, porque nós, transexuais, não podemos fazer isto que vocês estão a fazer. Seríamos logo insultados, apedrejados.”

Qui, 23 Fev | Sex, 24 Fev | Sáb, 25 Fev | Dom, 26 Fev | Seg, 27 Fev | Ter, 28 Fev | Qui, 2 Mar | Sex, 3 Mar | Dom, 5 Mar | Qui, 9 Mar | Sex, 10 Mar | Dom, 12 Mar | Seg, 20 Mar | Sex, 14 Abr | Qui, 4 Mai | Sex, 5 Mai | Sáb, 6 Mai | Seg, 8 Mai | Sáb, 27 Mai | Ter, 30 Mai | Qua, 31 Mai | Qui, 1 Jun | Sex, 9 Jun | Sáb, 10 Jun | Seg, 12 Jun | Qua, 15 Jun | Qui, 16 Jun | Qua, 21 Jun | Qui, 22 Jun | Seg, 3 Jul | Ter, 4 Jul | Qua, 5 Jul | Qui, 6 Jul | Sáb, 8 Jul | Seg, 10 Jul | Ter, 11 Jul | Qua, 12 Jul | Qui, 13 Jul | Sex, 14 Jul | Sáb, 15 Jul | Seg, 24 Jul | Ter, 25 Jul | Qua, 27 Jul | Ter, 1 Ago | Qua, 2 Ago | Ter, 3 Ago | Qua, 4 Ago
ver também:
Pedido de Acção
Comunicados de Imprensa



 
© 1996-2019 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2019 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal