Comunicado OpusGay (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 
Parceiro PortugalGay

Associação Opus Gay  


Comunicado OpusGay



Este documento não foi subscrito pelo PortugalGay
Conteúdo da exclusiva responsabilidade dos signatários.mais informações

A Opusgay entende que os Grupos Independentes do Oeste e de Évora,tal como vem sendo propostos por grupos de gays e lésbicas destas regiões devem ser apoiados,de molde a criar novos espaços de conviavialidade e de apoio aos GLBT que vivem nestas regiões.

Tambem apoiamos decidamente a Plataforma recentemente criada por iniciativa dos respectivos transsexuais, entre a ILGA-Portugal, Opusgay e transexuais do Hospital Júlio de Matos, com vista a levar mais para diante a sua luta, e divulgar perante a opinião pública a vivência dos transsexuais portugueses. Aproveitamos para recordar a todos os GLBT algumas das propostas que fizemos, e particularmente às Associações GLBT, até hoje sem qualquer resposta. Esta iniciativa pretende ultrapassar a actual situação em que nos encontramos sem estratégia dileneada, exclusivamente condicionados a um tacticismo dependente das agendas partidárias, o que é manifestamente errado.

Queremos saudar publicamente o Clube-Safo pelo sucesso do seu acampamento em V.N de Milfontes, porque entendemos que eventos destes não devem ser esquecidos pelos GLBT nem ignorados.

1-Subscrevemos e apoiamos a Carta Dos Direitos Fundamentais da União Europeia. Recordamos que apoiamos e defendemos a implementação do artigo 13º do Tratado de Amsterdão, assim como projectos de directivas comunitárias que nos interessam, nomeadamente a da não discriminação laboral, étnica.

2- No plano cultural, iniciamos pela 1ªvez em Portugal, uma "Universidade de Verão de Estudos Gays e Lésbicos, denominada Estudos Gerais Sobre as Minorias Sexuais, à semelhança dos existentes nas grandes Universidades europeias e americanas.

3-Ainda no mesmo plano temos preparada a 1ª Antologia da Poesia e Prosa homoerótica a entregar nos prelos para impressão.

4-Propusemos à Senhora Ministra para a Igualdade e às ONG`s da Plataforma Social Europeia reunidas em Lisboa, a criação de um "Escritório Contra a Discriminação" que seria uma Loja do Cidadão Discriminado, funcionando como uma parceria entre o Ministério, a CML (actividade esta desenvolvida nas mais variadas capitais europeias como Madrid, Viena) que daria o espaço em Lisboa, e as ONG`s da área dos direitos humanos e do social que lhe serviriam de suporte.

5-Propusemos uma intervenção estética na cidade de Lisboa, a nível de um mural sobre os Direitos Humanos dos GLBT, na área das Amoreiras, já aprovado pela CML, mas a aguardar vontade politica para o iniciar.

6- Na área de valorização económica assinamos um Acordo com a Associação de Turismo de Lisboa (ATL),para desenvolver o nicho de mercado GLBT, potencialmente forte, economicamente útil tanto para a cidade de Lisboa, como para o país ,como para a visibilidade da nossa Comunidade, que se traduziu desde logo, pela inserção no Guia turístico de Lisboa para estrangeiros "Follow Me" do nome e morada das nossas Associações mais representativas. Abrimos um departamento de turismo gay e lésbico na nossa sede.

7- Na área da intervenção pública, social e junto dos mass-media,e agora, até dos portais da net, para além de tentarmos ter uma presença muito regular e credível junto de todos eles, enviando comunicados de imprensa, dando entrevistas, particularmente em defesa das Uniões de Facto, etc...estamos até, na base de um primeiro e inédito Programa de Rádio Gay, semanal, na Radio Voxx, "Vidas Alternativas", em 91.6-Lisboa, 90.0-Porto, às quartas, a partir das 21h que aborda de uma forma serena , responsável,e sem hipocresias, a questão das minorias sexuais.

8-Temos disponível na nossa sede múltiplos serviços e uma assistência jurídica e psicológica, prestando além disso, inúmeras outras formas apoio, a todos os que a nós se dirigem.

9-Conseguimos abrir no Norte uma Delegação a "Opusgay Norte/Porto", que embora lutando com inúmeras dificuldades, reúne regularmente, e produz um boletim.

10-Temos vindo a sugerir às outras Associações com quem temos trabalhado, ILGA-Portugal, GTH/PSR, Clube-Safo e Grupo Lilás propostas de unidade na base de uma Plataforma de Trabalho, e desde o nosso aparecimento que vimos propondo o alargamento da nossa base social de apoio que não deve circunscrever-se às Doenças Sexualmente Transmissiveis,como vinha sucedendo, ao mesmo tempo que tentamos alargar o nosso diálogo com os grupos virtuais e outros GLBT da net, Gay Compostela, Luso Gay, sempre na base do respeito pela diversidade e da despartidarizição do nosso Movimento, e na tentativa de criar sinergias com todos os que nos merecem credibilidade.

8 Ago 00

OpusGay

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e TRÊS.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal