Não te Prives - Comunicado de Imprensa (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 
Parceiro PortugalGay

Associação Não Te Prives  


Não te Prives - Comunicado de Imprensa



Este documento não foi subscrito pelo PortugalGay
Conteúdo da exclusiva responsabilidade dos signatários.mais informações
Comunicado de Imprensa 6 Junho 2002


Sem arraial a capital saiu do mapa

A "não te prives - Grupo de Defesa do Direitos Sexuais" tem como objectivo da sua intervenção o combate a todas as formas de discriminação em função do género e da orientação sexual.

No prosseguir dos nossos objectivos consideramos importante todas as formas de sociabilidade e de visibilidade de colectivos e franjas da nossa sociedade arredadas frequentemente da participação social e cívica.

Por isso quando contactados para, em conjunto com outras associações que lutam contra a discriminação em função da orientação sexual, colaborar na realização dos festejos do dia 28 de Junho, Dia do Orgulho, depressa nos envolvemos preparando a presença da cidade de Coimbra e da Região Centro na Feira Arco-Íris e na Marcha do Orgulho e, apoiando claramente a realização de mais um edição do "Arraial Pride".

Esta festa que se vinha já realizando há alguns anos tem como particular características o facto de ser o único acontecimento da comunidade LGBT, com visibilidade pública. Esta visibilidade, mostra-se pelo local escolhido, a Praça do Município, pelos facto de ser uma festa aberta a todos, longe de ser uma estrutura fechada, e saliente-se que mantenha na sua raiz um tradição tão lisboeta e portuguesa que é a do Arraial.

E de repente?

Somos informados pela ILGA-Portugal, associação responsável pela organização do Arraial-Pride, que devido à indiferença contínua da edilidade alfacinha não haverá Arraial este ano (ver comunicado da ILGA-Portugal.

Depois de tantos a colocar Lisboa no mapa europeu das cidades abertas, tolerantes, cosmopolitas que fica? Depois do esforço de tantos para que Lisboa, e por arrasto Portugal, mostrasse uma face diferente relativamente às questões da sexualidade e da visibilidade da comunidade LGBT, o que fica?

O silêncio da edilidade! A incapacidade de comunicar com a sociedade civil e quem a representa! Agendas complicadas as dos nossos políticos, incapazes de ouvir quem os procura!

O mapa da Europa cosmopolita e tolerante ficou mais vazio, Lisboa saiu!

Num ano em que as associações e instituições do Porto se preparam para a realização de inúmeros eventos no norte do país, em que o movimento LGBT cresce em todo o país, o que aconteceu? O grande acontecimento que culminaria este ano a 29 de Junho os festejos o Dia do Orgulho não acontece pela indiferença e dificuldades inerentes a determinadas agendas?

A "não te prives" não poderá deixar no entanto de se solidarizar com a ILGA-Portugal, pelo modo como a indiferença de políticos e gabinetes camarários impediu este ano a realização do Arraial Pride.

Pela Direcção da "não te prives - Grupo de Defesa do Direitos Sexuais

Paulo Jorge Vieira

Associação não te prives
Apartado 3113
3001-401 Coimbra
nãoteprives@yahoo.com

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal